Domingo, 14 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Mist

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Porto Alegre Porto Alegre passa a contar com sexta unidade de saúde prisional

Compartilhe esta notícia:

O serviço funcionará de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h, com Equipe de Atenção Primária Prisional Ampliada.

Foto: Cristine Rochol/PMPA
O serviço funcionará de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h, com Equipe de Atenção Primária Prisional Ampliada. (Foto: Cristine Rochol/PMPA)

A Unidade de Saúde do Instituto Psiquiátrico Forense (IPF) Doutor Maurício Cardoso foi entregue na tarde desta sexta-feira (24), na avenida Bento Gonçalves, 2850, no bairro Partenon, na Zona Leste de Porto Alegre. Esta é a sexta equipe de saúde prisional na capital gaúcha.

O serviço funcionará de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h, com Equipe de Atenção Primária Prisional Ampliada. Médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, auxiliar de saúde bucal e médico psiquiatra ou com experiência em saúde mental são contratualizados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) junto à Associação Hospitalar Vila Nova. Também fazem parte da equipe um cirurgião dentista, um assistente social e um psicólogo do quadro do IPF.

“O serviço é um importante instrumento para aproximar o Sistema Único de Saúde (SUS) dessa população, humanizando o atendimento”, destaca o secretário-adjunto de Saúde de Porto Alegre, Richard Dias. O atendimento desse público é orientado pela Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional, com recursos provenientes do Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde.

Cuidados básicos

Além da unidade do IPF, as demais unidades funcionam na Cadeia Pública de Porto Alegre (três), uma no Presídio Estadual de Porto Alegre, na Zona Leste, e uma na Penitenciária Feminina Madre Pelletier, na região Sul.

“A iniciativa é uma ação importante para ampliar o acesso a cuidados básicos, como casos de hipertensão, diabetes e tuberculose, por exemplo, qualificando o atendimento a essa população”, afirma a diretora de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde, Caroline Schirmer.

Participaram do evento autoridades da Secretaria da Justiça e Sistema Penal e Socioeducativo e Superintendência dos Serviços Penitenciários, Ministério Público, Ministério da Saúde e secretarias Estadual e Municipal de Saúde, entre as quais o secretário nacional de Atenção Primária, Raphael Câmara.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Plaza São Rafael receberá o 1º concurso Zola Amaro para Cantoras Líricas
Vacinação contra gripe continua em Porto Alegre até fim do estoque de doses
Deixe seu comentário
Pode te interessar