Sábado, 31 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Rio Grande do Sul Santa Maria pode receber nova escola para formação e graduação de sargentos do Exército

Compartilhe esta notícia:

Leite disse que há forte interesse e disposição do RS, que tem históricos laços com as Forças Armadas, em receber a nova escola.

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini
Leite disse que há forte interesse e disposição do RS, que tem históricos laços com as Forças Armadas, em receber a nova escola. (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)

Santa Maria está entre os oito municípios brasileiros cotados para receber a nova escola para formação e graduação de sargentos de carreira do Exército. O objetivo do Exército é construir uma escola única, capaz de agregar a atual formação de sargentos feita de forma descentralizada em 16 diferentes locais do País, reunindo cerca de 2,2 mil alunos.

Na manhã desta sexta-feira (18), em visita do vice-chefe do departamento de Educação e Cultura do Exército, general Joarez Alves Pereira Junior, que está fazendo o levantamento dos possíveis locais pelo País, o governador Eduardo Leite confirmou o interesse do Estado em receber o novo empreendimento.

“Há forte interesse e disposição do Rio Grande do Sul, que é um Estado com históricos laços com as Forças Armadas, em receber essa nova escola. Contem conosco para o que precisarem para viabilizar o investimento aqui”, destacou o governador.

O vice-chefe de Educação do Exército é quem está percorrendo as possíveis futuras sedes, entre elas Campinas (SP) e Três Corações (MG), por exemplo, para fazer levantamentos técnicos.

Disputam com Santa Maria cidades de Pernambuco, São Paulo (2), Minas Gerais (2), Goiás e Paraná. “Além das condições de local e da infraestrutura, o apoio político é fundamental para a escola se firmar”, comentou o general Joarez.

A ideia é unificar a operação nos próximos anos, o que requer uma área próxima ao perímetro urbano de 2 km² para a construção da sede da escola e mais 50 km² para o campo de instrução. São cerca de 2,2 mil alunos e 1,5 mil funcionários envolvidos, gerando um impacto positivo na economia local porque os militares costumam morar na cidade da formação com suas famílias por longo período. O investimento é estimado em R$ 1 bilhão.

Segundo o general Joarez, nas próximas semanas deverão ser escolhidos os três locais que atendem a todos os pré-requisitos da escola para, depois, serem feitos projetos para cada área. Por fim, o governo federal tomará a decisão.

Leite destacou que em Santa Maria há um terreno da própria União que atende às exigências e que pode receber a escola, além de o município ter uma boa infraestrutura para receber os militares e professores com suas famílias.

“Santa Maria é uma cidade de médio porte, com mais de 300 mil habitantes, situada no coração do Rio Grande, em uma área muito bonita, com fácil acesso a todas as regiões gaúchas e com voos para a Capital, e estamos procurando viabilizar também para fora do Estado. A cidade tem um custo de vida relativamente baixo e reúne excelentes hospitais, inclusive um novo regional que está sendo muito bem equipado; uma universidade federal reconhecida, que é a UFSM; ótimas escolas; bons níveis de segurança pública; e está recebendo grandes investimentos em saneamento pela Corsan e em estradas e ruas tanto pelo Estado quando pela prefeitura. Estamos prontos para viabilizar de forma ágil as licenças ambientais e outros investimentos que sejam necessários”, afirmou o governador.

O presidente da Assembleia, deputado Ernani Polo, e o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, que já havia recebido o representante do Exército no município, reforçaram que a iniciativa tem total apoio do Legislativo e da prefeitura.

“Já temos deputados mobilizados nesse tema, mas reafirmo a disposição da Assembleia Legislativa de apoiar esse projeto em Santa Maria. Nosso desejo é que o investimento se consolide no Estado”, afirmou o presidente da Assembleia, Ernani Polo.

O comandante Militar do Sul, general Valério Stumpf, também participou da reunião, realizada no gabinete do governador no Palácio Piratini.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Sancionados dois projetos de lei que incluem datas no calendário oficial do Estado do RS
Projetos premiados nos editais emergenciais de auxílio à Cultura começam a ser divulgados nesta sexta
Deixe seu comentário
Pode te interessar