Terça-feira, 02 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Porto Alegre Segue trabalho da prefeitura para minimizar impactos do temporal

Compartilhe esta notícia:

Defesa Civil fez a entrega de três mil metros de lona para 146 casas atingidas.

Foto: Defesa Civil/PMPA
Defesa Civil fez a entrega de três mil metros de lona para 146 casas atingidas. (Foto: Defesa Civil/PMPA)

A Prefeitura de Porto Alegre informa que segue mobilizada para minimizar os estragos causados pela chuva e vento forte que atingiram a cidade na tarde de quarta-feira (15). Durante todo dia equipes das secretarias municipais de Serviços Urbanos, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Defesa Civil e Bombeiros trabalharam no atendimento a ocorrências, limpeza e desobstrução de ruas e parques. A Defesa Civil do Município entregou três mil metros de lonas para 146 casas que foram destelhadas (120) ou atingidas por árvores (26).

A falta de energia elétrica que atinge a Capital, desde a tarde de quarta-feira, segue impactando no abastecimento de água nesta quinta-feira (16). De acordo com o Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos), diversas estações de bombeamento e de tratamento estão paradas, causando desabastecimento em muitos bairros, especialmente nas pontas de cadeia e lugares mais altos. O Dmae já solicitou à CEEE prioridade nos atendimentos às unidades, pois necessita religar cada subsistema para regularizar o sistema. No entanto, ainda não há previsão de normalização do serviço.

Os bairros e localidades impactados são Ilha das Flores; Ilha dos Marinheiros; Ilha do Pavão; Ilha da Pintada; Bom Jesus; Vila Jardim; Vila Fátima-Pinto; Cefer II; Baltazar de Bem; Vila Floresta; Vila Ipiranga; Medianeira; Nonoai; Teresópolis; Glória; Vila dos Comerciários; Vila Orfanatrófio I e II; Alto Teresópolis; Jardim Europa; Cidade Jardim; Vila Nova; Jardim São Jorge; Parque Charruas; Vila Topázio; Vila Glorinha; Jardim Cascata; Camaquã; Cavalhada; Menino Deus; Tristeza; Vila Assunção; Morro do Osso; Belém Velho; Ponta Grossa; Cristal; Santa Tereza; Televisões; Vila Santa Rita; Vila Assunção; Jardim Esplanada; Parque Bahamas; Espírito Santo; Guarujá; Serraria; Vila dos Sargentos; Praça Moema; Aberta dos Morros; Hípica; Altos do Ipê; Parque do Lavoura; Ipanema Garden; Parque Ipanema; Pitinga; Lomba do Pinheiro; Vila Panorama; Beco do Mendonça; Quirinas; Centro; Petrópolis; Três Figueiras; Chácara das Pedras; São José; Aparício Borges; Partenon; Santo Antônio; São João e Vila Vargas.

Limpeza

As Equipes de Manejo Arbóreo atenderam até as 16h de hoje pelo menos 88 casos envolvendo quedas de árvores ou galhos de maiores proporções, restando em alguns pontos a coleta dos resíduos, pois a prioridade das ações são os locais que apresentem riscos à população. Em alguns casos há necessidade de apoio da CEEE, devido a fios energizados. Também estão mobilizados os profissionais de zeladoria urbana do DMLU (Departamento Municipal de Limpeza Urbana), que atuam na limpeza e no recolhimento de lixo. A população pode registrar suas demandas via Sistema Fala Porto Alegre 156.

Trânsito

As equipes de fiscalização de trânsito e manutenção elétrica da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) foram reforçadas e, desde a tarde passada, deslocadas para os pontos mais críticos e com maior risco de acidentes, para monitorar a circulação, restaurar a sinalização e auxiliar os usuários.

A EPTC registrou até as 17h desta quinta-feira um ponto de alagamento com bloqueio total (liberado ainda na noite anterior), além de 58 bloqueios devido à queda de árvore e 13 ocasionados por poste ou fiação elétrica caídos na via. Outras 22 quedas de árvores e 12 postes, além de um outdoor, resultaram em bloqueios parciais com obstrução de uma faixa de trânsito.

Também por volta das 17h, 48 conjuntos semafóricos haviam sido restabelecidos enquanto 14 não estavam funcionando, predominantemente por falta de energia elétrica. Foram liberados 56 bloqueios nas vias enquanto outros 55, na maioria parciais, seguem em atendimento.

É importante a colaboração da população para o registro de ocorrências prioritárias, através do número 118, e das demais, através da Carta de Serviços online da @Prefeitura_POA, por onde podem ser encaminhadas outras demandas e solicitações de trânsito.

Na quarta-feira, a Defesa Civil do Município emitiu um alerta à população sobre os riscos da tempestade e mobilizou suas equipes. Os canais de comunicação da prefeitura, EPTC e Dmae seguem atualizando informações sobre os rescaldos do temporal.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Condição climática do Estado deve melhorar na próxima semana
Homicídios caem 21,4% de janeiro a setembro de 2019
Deixe seu comentário
Pode te interessar