Domingo, 31 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Brasil STF inicia o julgamento do caso dos R$ 51 milhões atribuídos a Geddel

Compartilhe esta notícia:

O caso está relacionado aos R$ 51 milhões em espécie encontrados no apartamento de um amigo de Geddel em Salvador, em 2017 (Foto/Divulgação/Polícia Federal)

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar, nesta terça-feira(24), a ação penal do ex-ministro Geddel Vieira Lima, e seu irmão, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, que são indiciados por lavagem de dinheiro e associação criminosa. O caso está relacionado aos R$ 51 milhões em espécie encontrados no apartamento de um amigo de Geddel em Salvador, em 2017, motivo pelo qual ele está preso há dois anos.

Na sessão que, aconteceu na tarde desta terça-feira (24), e durou cerca de cinco horas, foram ouvidos apenas os advogados dos réus e os argumentos da Procuradoria-Geral da República (PGR). Os votos do relator, Edson Fachin, e dos demais ministros do colegiado serão proferidos na próxima terça-feira (1º).

Ao final do julgamento, poderão ser condenados ou absolvidos Geddel e Lúcio Vieira, além de Job Brandão, ex-assessor parlamentar de Lúcio, e o empresário Luiz Fernando Machado, administrador da construtora Cosbat, que teria sido usada pela família Vieira Lima para lavar dinheiro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

O governo demite o chefe da inteligência da Receita Federal
“Se existe justiça, temos de ir atrás”, disse o pai de um bebê que sumiu em um hospital do Rio
Deixe seu comentário
Pode te interessar