Segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Rio Grande do Sul Temporais causam estragos e afetam mais de 2 mil pessoas no Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

Chuva forte provocou estragos em muitas cidades gaúchas

Foto: Alex Rocha/PMPA
No Interior do Estado, homem foi atingido por parede dentro de casa. (Foto: Reprodução)

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul divulgou neste domingo (27) um relatório sobre os prejuízos causados por chuva intensa em todo o Estado. De acordo com o levantamento, 2.081 pessoas foram afetadas e ao menos cinco prefeituras reportaram danos de maiores proporções.

No município de Sagrada Família foi registrada no sábado (26) uma tempestade que danificou cerca de 500 residências nas zonas urbana e rural, afetando 1,9 mil habitantes – 16 famílias ficaram desalojadas e cinco pessoas se feriram, uma delas gravemente.

Trata-se de um homem de 29 anos foi atingido por uma parede que cedeu dentro de sua casa. Ele sofreu traumatismo craniano e permanece internado no Hospital de Caridade de Palmeira das Missões, com risco de morte.

Em Santa Maria, alagamentos afetaram 100 pessoas. Conforme dados do órgão estadual, ao menos 23 residências foram atingidas por alagamento ou ficaram destelhadas. Também houve registro de obstrução de vias públicas.

Em Mata, a chuva intensa elevou o rio Poraíma, causando inundação em residências e estabelecimentos comerciais. Equipes municipais dedicaram o domingo, dentre outras tarefas, a levantar informações sobre os estragos.

Já em Alto Alegre, uma tempestade de granizo atingiu 17 residências na área rural, afetando diretamente 45 moradores. Equipes da prefeitura se mobilizaram em operações de auxílio à população. Não há registro de feridos, desabrigados ou desalojados.

Em Santigado, o rio Rosário provocou enchente em parte da cidade e interrompeu o trânsito em estradas. Ao menos quatro residências foram danificadas pela chuva intensa na área urbana, prejudicando diretamente 20 pessoas.

Até esta quarta-feira (30), a chuva intensa e as baixas temperaturas devem prosseguir em algumas regiões do mapa gaúcho, a exemplo do que ocorreu neste sábado. É o que prevê o boletim meteorológico do governo do Estado.

A propagação de uma área de baixa pressão, combinada a chegada de uma frente fria, causou altos volumes de chuva, incluindo temporais na Região Metropolitana de Porto Alegre e outras áreas.

No domingo, o céu encoberto e a chuva predominaram nas regiões Norte e Nordeste, enquanto as demais áreas tiveram tempo seco e grande variação de nuvens. Mas o ingresso de uma forte massa de ar frio provoca o declínio das temperaturas em praticamente todas as regiões.

Nesta segunda-feira (28), a presença do ar seco e frio mantém o tempo firme. Em algumas cidades, os termômetros devem registrar temperaturas abaixo de zero, com eventual formação de geada.

Na terça e quarta-feira, o ar frio segue predominando. O deslocamento de um ciclone extratropical no oceano provocará pancadas de chuva e fortes rajadas de vento entre as regiões da Campanha e Zona Sul.

Capital

Em Porto Alegre, as equipes de manejo arbóreo da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) atenderam a mais de 30 ocorrências de queda de galhos e árvores em quase 20 bairros. Os serviços devem ser concluídos até esta terça-feira (29), pois algumas ocorrências possuem maior complexidade envolvendo vegetais de grande porte.

Foram registrados 13 atendimentos por queda de árvores de grande, médio e pequeno porte e 12 por rompimento de galhos. A situação de maior complexidade ocorreu na avenida Lageado, bairro Petrópolis, onde uma árvore de grande porte caiu sobre a entrada de um edifício residencial, impedindo por várias horas a entrada e saída de moradores.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Max Verstappen vence o Grande Prêmio da Estíria de Fórmula 1
Já classificado para as oitavas-de-final da Copa América, Brasil empata em 1 a 1 com o Equador
Deixe seu comentário
Pode te interessar