Sábado, 25 de junho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Política Tribunal Superior Eleitoral aprova formação de federações de PSDB-Cidadania e PSOL-Rede

Compartilhe esta notícia:

Por unanimidade, ministros entenderam que as legendas cumpriram as exigências feitas pela Corte e apresentaram documentação necessária

Foto: Divulgação/TSE
Registro no TSE é necessário para concorrer às eleições deste ano. (Foto: Divulgação/TSE)

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou, por unanimidade, nesta quinta-feira (26), a criação de duas novas federações partidárias: uma formada por PSDB e Cidadania, e outra por PSOL e Rede Sustentabilidade.

As legendas de cada federação atuarão como se fossem um partido único no Congresso pelos próximos quatro anos, dividindo recursos do Fundo Partidário, tempo de televisão e unificando o conteúdo programático.

Segundo os ministros da Corte, as legendas cumpriram todos os requisitos exigidos pela Justiça Eleitoral e apresentaram a documentação necessária. Em um voto breve, o relator do pedido de registro feito por PSDB e Cidadania, Ricardo Lewandowski, defendeu a liberdade de organização partidária.

“O artigo 17 da Constituição da República assegura aos partidos políticos a autonomia para definir sua estrutura interna, de maneira que as previsões estatutárias devem garantir o respeito às deliberações de seus órgãos, nas mais diferentes esferas. Tal posicionamento não colide com a aludida liberdade de organização e deve estar presente nos estatutos das federações”, disse.

Na última terça-feira (24), o TSE aprovou o pedido de criação da federação formada por PT, PCdoB e PV, chamada de “Brasil da Esperança”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Bolsonaro aceita convite de Biden para participar da Cúpula das Américas nos Estados Unidos
Ministro do Supremo Edson Fachin envia ofício ao presidente do Senado com sugestões sobre o Código Eleitoral
Deixe seu comentário
Pode te interessar