Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Cloudy

Mundo Trump ataca revolução cultural “de esquerda” no Monte Rushmore

Compartilhe esta notícia:

Trump falou sob o famoso marco que representa quatro presidentes dos EUA.

Foto: Reprodução/Twitter
Trump falou sob o famoso marco que representa quatro presidentes dos EUA. (Foto: Reprodução/Twitter)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou na sexta-feira (3) “multidões furiosas” de tentar apagar a história com esforços para remover ou repensar monumentos a figuras históricas dos EUA e usou um discurso no Monte Rushmore para se colocar como baluarte contra o extremismo de esquerda. O evento, que antecedeu o feriado de 4 de Julho, atraiu 7.500 pessoas aglomeradas em um anfiteatro ao ar livre. 

Muitas das pessoas presentes não usavam máscaras, desafiando conselhos das autoridades de saúde que instaram os norte-americanos a evitar grandes reuniões para retardar a disseminação do Covid-19.

Na sexta, sete Estados norte-americanos divulgaram número recorde de novos casos de Covid-19, e a pandemia avançou ainda mais no círculo interno de Trump. Kimberly Guilfoyle, uma funcionária sênior da campanha e namorada de Donald Trump Jr., testou positivo para o Covid-19 em Dakota do Sul antes do evento, de acordo com Sergio Gor, funcionário da campanha de Trump. O teste de Trump Jr. deu negativo, disse Gor.

Trump não usou uma máscara em público e fez apenas uma referência limitada à pandemia em seus comentários.

Falando sob o famoso marco que representa quatro presidentes dos EUA, Trump alertou que as manifestações sobre a desigualdade racial ameaçavam as fundações do sistema político dos EUA.

“Não se engane, esta revolução cultural de esquerda foi projetada para derrubar a revolução norte-americana”, disse Trump. “Nossos filhos são ensinados na escola a odiar seu próprio país.”

Trump, um republicano que tem enfatizado uma abordagem de “lei e ordem” para as manifestações, se opôs a propostas de renomear as bases militares dos EUA que receberam o nome de generais confederados.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Flamengo decide cobrar por transmissão de jogos na internet
Obra do novo reservatório de água no Partenon começa na próxima semana
Deixe seu comentário
Pode te interessar