Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Mostly Cloudy

Mundo Uma mulher confessou ter matado as três filhas em um apartamento na Áustria

Compartilhe esta notícia:

Incidente ocorreu em um apartamento na capital, Viena. (Foto: EBC)

Uma mulher de 31 anos confessou, neste sábado (17), ter matado as suas três filhas em um apartamento em Viena, capital da Áustria. De acordo com um representante da Polícia local, as meninas tinham 8 meses, 3 anos e 9 anos de idade. O crime chocou a opinião pública e repercutiu em todo o país europeu, além de atrair a atenção da imprensa do continente.

O caso começou como uma ameaça de suicídio: a suspeita telefonou para os serviços de emergência da cidade no início da manhã, dizendo que pretendia se matar. Uma unidade especializada foi chamada para atender o caso, mas assim que entrou na residência acabou encontrando os corpos sem vida das duas garotas mais novas.

Já a filha mais velha chegou a ser hospitalizada em estado gravíssimo, mas as unidades de terapia intensiva não conseguiram salvá-la. A mulher, por sua vez, apresentava apenas ferimentos leves. Os investigadores de Viena coletaram uma série de indícios e provas na cena do crime e ainda aguardam laudos periciais complementares.

Investigação

Apesar de as necropsias ainda não terem sido concluídas, os legistas austríacos cogitam, com base em uma série de análises preliminares, que a causa das mortes tenha sido sufocamento. Até o final da noite deste sábado, a mãe das crianças se recusava a prestar depoimento.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Protegido pela mãe, um bebê é o único sobrevivente da queda de avião na Colômbia
Demitido do Palmeiras, o técnico Luxemburgo cobra coerência do presidente do clube: “Pedi contratações mas não foram feitas”
Deixe seu comentário
Pode te interessar