Últimas Notícias > Colunistas > Flávio Pereira

Leite quer aproveitar “capital político” para aprovar reformas

Leite esteve com Dória, governador de São Paulo. (Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

O governador Eduardo Leite vai aproveitar a tradicional lua de mel que marca a relação com o eleitor nos primeiros seis meses de governo e encaminhar em breve à Assembleia Legislativa propostas de privatização de estatais, reforma previdenciária e mudança na carreira dos servidores.

Efeitos da viagem a SP?

Eduardo Leite esteve em São Paulo, onde conversou com os seus correligionários tucanos, o governador João Dória, e com o ex-governador Geraldo Alkckmin. Ambos defendem a tese de que as mudanças mais severas precisam ser feitas no primeiro semestre logo após a posse.

Geraldo Alckmin ensina

Três vezes governador de São Paulo, Geraldo Akckmin tem experiência no assunto. Ele defendeu na campanha presidencial, que as medidas mais duras precisam ser tomadas logo no início do governo, quando há o chamado “capital político” resultante da eleição.

O futuro senador trabalha nas férias

Eleito senador, mas ainda deputado federal, Luiz Carlos Heinze não tira férias: ele está reunindo em Brasília representantes do setor orizícola do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina nesta quarta-feira, às 10h30min, com o novo secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Eduardo Sampaio Marques, e com técnicos da Conab, a Companhia Brasileira de Abastecimento. Na pauta, a revisão do preço mínimo do arroz, fixado em R$ 36,44. De acordo com o Heinze, os indicadores da Conab estão defasados, e os insumos para a produção do grão têm sofrido aumentos constantes que surpreenderam os produtores durante a formação das lavouras.

Cargos importantes passam pela Casa Civil

Segundo o Decreto 8.821, em vigor desde julho de 2016, somente o ministro-chefe da Casa Civil da presidência da República tem competência para os atos de nomeação de cargos em comissão ou de designação de funções de confiança no âmbito da administração pública federal direta, autárquica e fundacional de nível equivalente a 5 e 6 do Grupo de Direção e Assessoramento Superiores (DAS) em todo o governo federal.

A Casa Civil é muito forte

Já vimos isso com Eliseu Padilha e o mesmo ocorre agora com Onyx Lorenzoni: o cargo de chefe da Casa Civil é extremamente forte e estratégico. Tudo passa pelo gabinete da Casa Civil, daí os constantes bombardeios que o ocupante desta cadeira sofre por interesses contrariados. É o que tem acontecido com Onyx Lorenzoni.

 

Schirmer: Gestão exemplar na Segurança Publica

Gestão de Schirmer é destaque em analise do vereador Mendes Ribeiro. (Foto: Divulgação)

Em artigo, o vereador Mendes Ribeiro, da Câmara e Vereadores da capital gaúcha, reafirma o que este colunista tem dito de forma serena, e baseado unicamente em dados técnicos: Cezar Schirmer possivelmente tenha sido o melhor secretário da Segurança Pública dos últimos 50 anos no Rio Grande do Sul.

Ressaltando conquistas

Mendes Ribeiro diz: “Schirmer criou o Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM), a Força Gaúcha de Pronta Resposta, contratou 7,8 mil servidores, abriu o maior concurso da área em décadas, adquiriu viaturas, armas e equipamentos, além de promover parcerias com a iniciativa privada e comunitária, com destaque para o Instituto Cultural Floresta. Foram aprovadas 46 leis para a área, a exemplo da isenção de ICMS para doações e de segurança para os bancos. Nesse governo, foram abertas mais de 4 mil vagas no sistema prisional e outras 4 mil estão em andamento”.

Indicadores melhores

E prossegue Mendes Ribeiro: “O difícil é reconhecer que os indicadores de 2018 são melhores do que os de 2014, ano que contou com aporte significativo de recursos federais para a Copa do Mundo. Os homicídios, por exemplo, são 14,8% menores no ano, em comparação ao ano da Copa. Parabéns, secretário Schirmer! Tivemos importantes e reconhecidos avanços”.

Responsabilidade na segurança

A herança positiva recebida do governo passado na segurança pública, é uma garantia de que esta área poderá dar respostas ainda melhores nos próximos quatro anos.

US$ 100 milhões para municípios da Região Sul

Boa notícia do secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Dirceu Franciscon: uma parceria entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento e o BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) vai oferecer US$ 100 milhões (mais de R$ 370 milhões) de financiamento aos municípios.

Recursos beneficiarão cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná para investir em projetos de turismo, saúde e mercado de trabalho por meio do Programa de Promoção do Desenvolvimento Local da Região Sul.

Reação positiva da economia

A avaliação é do próprio presidente Jair Bolsonaro em sua conta no Twitter: “A Bolsa de valores fecha hoje com mais um novo índice positivo histórico! Estamos no décimo quarto dia de governo e ainda temos muito a desfazer e mais ainda a fazer! Vamos juntos resgatar o Brasil aos olhos do brasileiro e do mundo!”.

Decreto das Armas sai hoje

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, confirma para esta terça-feira a solenidade de assinatura do decreto com regras que facilitam a compra e a posse de armas no País. Será em cerimônia com o presidente Jair Bolsonaro às 11h desta terça-feira, no Palácio do Planalto, segundo a assessoria da Casa Civil.

 

Jatinhos da FAB parados em Brasília

Aeronaves da Força Aérea no pátio do aeroporto JK. (Foto: Arquivo pessoal)

O presidente Jair Bolsonaro postou em sua conta do Twitter uma foto atribuída a um piloto da TAM. A imagem mostra a frota de jatinhos do GTE (Grupo de Transporte Executivo) da FAB (Força Aérea Brasileira) que atende a autoridades, pousada no pátio do aeroporto JK, em Brasília.

Esse registro demonstra que os ministros não se atreveram a usar as aeronaves para passar o fim-de-semana em suas casas. A prática anterior era inventar programações oficiais às sextas e segundas-feiras, para mascarar as viagens.

Governador atento às enchentes

Continua se agravando o quadro gerado pelas enchentes na Fronteira-Oeste gaúcha. Ontem, o prefeito alegretense Márcio Amaral estimou em R$ 30 milhões as perdas na infraestrutura do município, sobretudo em ruas cujo calçamento levantou pela força das águas, calçadas ficaram danificadas e prédios públicos inundados. O governador Eduardo Leite visitou Uruguaiana, Alegrete e a região mais afetada pelas chuvas. Até agora, 11 prefeitos decretaram situação de emergência.

Heinze e Frederico ao lado do governador

Presença constante nas visitas do governador aos locais tingidos pela enchente: o deputado federal e senador eleito Luiz Carlos Heinze e o deputado estadual Frederico Antunes, líder do Executivo estadual na Assembleia Legislativa.

Defesa de Battisti ressalta direitos do criminoso

A defesa do terrorista italiano Cesare Battisti, capturado na Bolívia, pediu ontem que sejam respeitados os seus direitos. Ele foi extraditado para a Itália, onde tem sentença de prisão perpétua por envolvimento em quatro assassinatos entre 1977 e 1979.

Renovação no RS foi menor

O Rio Grande do Sul foi um dos seis Estados onde a renovação da bancada no Congresso Nacional não passou de 50%. O indicador é um sinal de que, aqui, a aprovação dos veteranos foi maior. Um levantamento da agência e notícias Estado com todas as 27 bancadas na Câmara dos Deputados e no Senado mostra que apenas seis Estados trocaram menos da metade de seus congressistas em outubro (levando-se em conta apenas os cargos que estavam em disputa). São eles: Piauí, Rio Grande do Sul, Bahia, São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco. Nos demais, houve casos em que a renovação ficou em 90%.

Lava-Jato vai crescer

Chegou nos últimos dias um carregamento de colchões novos à PF (Polícia Federal) em Curitiba (PR). Sinal de que a Operação Lava-Jato vai aumentar a sua ação. Até dezembro, a área para presos no âmbito da força-tarefa ocupava um andar do prédio. Agora, será ampliada para três pavimentos.