Últimas Notícias > Esporte > O Grêmio perdeu para o Palmeiras por 1 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Libertadores

Gre-Nal deve ter reservas, mas Rômulo garante mesma dedicação: “Vamos dar nosso melhor”

Os volantes Thaciano e Rômulo. (Foto: Rádio Grenal)
*Por Bárbara Assmann

 

Mais um capítulo do clássico Gre-Nal se aproxima, e dessa vez, o de número 421, será possivelmente de reservas. Os dois times vêm de uma classificação para as semifinais na Copa do Brasil e tem pela frente uma semana decisiva na Copa Libertadores. Porém, é hora de focar no confronto clássico. “Do Brasil, acho que é o maior clássico. Mesmo sem saber se vamos jogar já ficamos imaginando”, diz o volante.

Será que tem favorito? Para outro volante tricolor, Thaciano, ambos buscarão a vitória. “Clássico é diferente. Os dois chegam muito fortes. Precisamos estar concentrados para fazer uma boa partida”, disse ele. Rômulo concorda e destaca que, mesmo sem saber quem vai jogar, cada um deve dar o seu melhor: “Todo mundo quer jogar, vamos dar nosso melhor.”

E os dois são uma possibilidade em campo. Mas eles não confirmam nada e distribuem elogios para os colegas. “Rômulo sempre está me orientando, para que ocorra tudo bem”, afirmou Thaciano. Já Rômulo falou sobre uma possível entrada de Diego Tardelli: “O Diego é um cara espetacular. É um cara que trabalha e que nos ajuda muito.”

Independentemente de quem jogar, a importância é sempre ela: a vitória. Se conseguir balançar as redes, então, melhor, destaca Thaciano: “O gol já é bom, se for no Gre-Nal… (risos). Importante é a vitória, se eu fizer o gol, melhor ainda.”

 

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas 

Deixe seu comentário: