Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Esporte A uma rodada do fim do Brasileirão, o Inter perdeu de 2 a 1 para o Flamengo e deixou a liderança do torneio

Compartilhe esta notícia:

A partida foi realizada no Maracanã

Foto: Ricardo Duarte/Inter
Título colorado agora depende de uma combinação de resultados nesta quinta-feira. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Jogando fora de casa neste domingo (21), o Inter perdeu de 2 a 1 para o Flamengo, na penúltima rodada do Brasileirão. Com esse placar, os cariocas assumiram a liderança, com 71 pontos, dois a mais que o Colorado, que para chegar ao título precisa uma vitória sobre o Corinthians, combinada a empate ou derrota rubronegra para o São Paulo, na quinta-feira (25).

O time gaúcho saiu na frente mas sofreu a virada, em um duelo marcado por lances polêmicos, incluindo a expulsão do lateral-direito colorado Rodinei (cuja escalação havia sido possível graças ao pagamento de R$ 1 milhão em multa contratual, pois os direitos federativos do atleta pertencem ao próprio Flamengo). Além disso, os donos da casa tiveram dois gols anulados por impedimento.

Primeiro tempo

O Inter abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo com o volante Edenílson, em cobrança de pênalti sofrido pelo atacante Yuri Alberto – puxado dentro da área por Gustavo Henrique.

Um dos personagens do confronto, Rodinei quase ampliou aos 42 minutos. Pela direita, o atacante Caio Vidal deixou Filipe Luís para trás e deu o passe ao lateral colorado, que invadiu a área em alta velocidade e solta a bomba, mas a bola acabou desviada pela zaga adversária, explodindo no travessão.

Aos 28 minutos, foi a vez do empate do Flamengo. O lateral-esquerdo Filipe Luís passou a bola na esquerda para o atacante Bruno Henrique, que passou por Rodinei e cruzou rasteiro para o meia Arrascaeta, que mandou a bola para dentro do gol de Marcelo Lomba com um chute cruzado e rasteiro.

Segundo tempo

O cronômetro marcava apenas 3 minutos da segunda etapa quando o lateral-direito Rodinei recebeu o cartão vermelho após uma entrada dura em Filipe Luís, em um lance decidido com a ajuda do árbitro de vídeo.

Em vantagem numérica, o time sob o comando de Rogério Ceni passou à frente aos 17 minutos. Arrascaeta recebeu de Bruno Henrique e deu um passe na medida para o atacante Gabigol, que finalizou na saída de Marcelo Lomba.

O Flamengo ainda teve anulados dois gols do atacante Pedro, aos 34 e aos 47 minutos. Após o apito final no estádio Maracanã, a manchete no site oficial colorado manifestava o descontentamento do clube com o placar: “Inter é prejudicado pela arbitragem no Rio”.

Ficha técnica

Flamengo: Hugo, Isla (Pedro), Rodrigo Caio (Natan), Gustavo Henrique, Filipe Luís, Diego (João Gomes), Gerson, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Rogério Ceni.

Internacional: Marcelo Lomba, Rodinei, Lucas Ribeiro, Zé Gabriel, Moisés, Rodrigo Dourado (Johnny), Edenilson, Caio Vidal (Thiago Galhardo), Praxedes (Heitor), Patrick (Mauricio) e Yuri Alberto (Peglow). Técnico: Abel Braga.

Cartões amarelos: Pedro, Diego, Natan e João Gomes, todos do Rubro-Negro. Vermelho: Rodinei, do Inter.

Arbitragem: Raphael Claus (SP), auxiliado por Marcelo Van Gasse (SP) e Neuza Back (SP). VAR (árbitro de vídeo): Rodrigo Amaral (SP).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Deportações de estrangeiros crescem 5.708% no Brasil em 2020
Marta faz 35 anos. Relembre cinco momentos em que a rainha do futebol fez história dentro e fora do campo
Deixe seu comentário
Pode te interessar