Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Economia Aumento abusivo de preços é a principal causa de multas aos supermercados em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Pelo menos 70 estabelecimentos já foram multados durante a pandemia de coronavírus

Foto: Anselmo Cunha/PMPA
Pelo menos 70 estabelecimentos já foram multados durante a pandemia de coronavírus. (Foto: Anselmo Cunha/PMPA)

Fiscais da prefeitura de Porto Alegre já estiveram em mais de 150 supermercados desde março – quando começou o isolamento social por causa  da pandemia de coronavírus – para impedir a prática de preços abusivos e a comercialização de produtos fora do prazo de validade.

Pelo menos 70 estabelecimentos foram autuados e deverão pagar multa. As equipes também percorrem diariamente os supermercados verificando o cumprimento das regras de enfrentamento do coronavírus, como o controle de acesso, disponibilização de álcool em gel, entre outras medidas.

A maior parte das autuações foi registrada nos supermercados da Zona Sul da cidade por aumento abusivo de preços. Quando isso acontece, a empresa é notificada a apresentar as notas fiscais de compra e de venda para comprovação dos valores. Caso não seja justificado, é aplicada multa pela cobrança. Já no caso dos produtos vencidos, é lavrado um auto de infração, e os itens são retirados de circulação.

Como denunciar

A população pode denunciar preços abusivos pelo telefone 156. Ao ligar para o número, basta digitar a opção “5”. É possível registrar a queixa também no canal de reclamações do Procon Porto Alegre.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Projeto Testar RS envia 6,8 mil exames de Covid-19 para análise em outros Estados
Grupo Os Gauchinhos lança música e clipe na Rádio Liberdade
Deixe seu comentário
Pode te interessar