Sexta-feira, 27 de maio de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Mundo Brasileiro desaparece em Portugal após ir à casa de ex-namorada que estava em trabalho de parto

Compartilhe esta notícia:

Douglas Gonçalves Almeida está desaparecido em Portugal. (Foto: Arquivo pessoal)

O brasileiro Douglas Gonçalves de Almeida, de 36 anos, está desaparecido desde a noite de segunda-feira (9) em Portugal, país onde mora há mais de quatro anos. Segundo depoimentos de familiares, o rapaz foi visto pela última vez entrando no prédio de uma ex-companheira, que estava em trabalho de parto. No Brasil, parentes do mineiro afirmam ter dificuldades em acionar as autoridades portuguesas.

Natural de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, Almeida se preparava para dar suporte à mulher com quem se relacionou no passado e estava esperando um filho dele. A atual companheira do mineiro, que também é brasileira, é a única em Portugal que está atualizando os familiares e buscando apoio das autoridades para tentar solucionar o desaparecimento.

Karla Cristine, irmã de Almeida que vive em Belo Horizonte, afirmou que não há qualquer sinal do rapaz desde a segunda-feira. O dono de uma oficina mecânica, localizada próxima ao prédio onde o rapaz desapareceu, disse ter visto o mineiro entrar no edifício, mas não o viu sair. Além disso, o carro dirigido pelo brasileiro, um Corsa cinza, também sumiu.

“A nossa esperança vai diminuindo a cada instante que não conseguimos fazer nada daqui. O Douglas é uma pessoa muito amada, muito responsável, ajudou em tudo na gravidez da ex-companheira, ele estava muito feliz”, explicou Karla.

Uma vaquinha online foi criada para arrecadar dinheiro para os custos de uma viagem para Portugal, uma tentativa da família de ir até o país procurar por Douglas. Além disso, amigos em Cascais estão espalhando cartazes pela cidade alertando sobre o desaparecimento do rapaz.

Brasileira presa na Itália

A brasileira Pamela Andress, de 52 anos, teve prisão domiciliar decretada na Itália devido a seu envolvimento na morte de Samantha Migliore, 35, que passou por um procedimento estético nos seios em 21 de abril dentro de casa, em Maranello, na província de Modena. A medida começou a valer na última semana.

Segundo o jornal “La Repubblica”, o juiz justificou sua decisão pelo risco de haver reincidência, avaliando o caso de uma mulher que, há alguns anos, passou por um tratamento estético com Pamela e sofreu consequências muito graves, que até hoje lhe afetam.

No caso de Samantha, a autópsia identificou que a causa da morte foi uma embolia provocada pela injeção em seu seio direito de um fluido viscoso, tal como o silicone.

Conforme a agência de notícias “Ansa”, a brasileira foi contratada pelas redes sociais para um procedimento com injeções nos seios. O serviço custava 1,2 mil euros.

Segundo o marido da vítima, Antonio Bevilacqua, Pamela chegou ao local com grandes seringas e potes de alumínio, parecidos com os usados para guardar alimentos. Ele conta que Samantha começou a passar mal poucos minutos depois da intervenção e perdeu a consciência ainda com as seringas nos seios.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Rússia suspende fornecimento de eletricidade para a Finlândia
“Perdão real não será possível neste momento”, diz advogado de brasileira condenada por tráfico internacional na Tailândia
Deixe seu comentário
Pode te interessar