Domingo, 14 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Mist

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Variedades Briga palaciana: o príncipe William fez lobby para que o tio fosse banido da família real

Compartilhe esta notícia:

Príncipe William: popular entre britânicos e em alta conta junto à rainha Elizabeth II. (Foto: Reprodução)

Uma fonte interna do Palácio de Buckingham revelou ao tabloide “The Sun” que o príncipe William, segundo na linha de sucessão ao trono da rainha Elizabeth II, vinha fazendo pressão “há muito tempo” para cortar da lista da realeza seu tio, o filho do meio da soberana, príncipe Andrew. Segundo essa fonte, o empenho do herdeiro só não foi mais ostensivo por respeito à avó rainha.

“Ele [William] se sentia muito confiante sobre essa postura e, se dependesse dele, as coisas teriam acontecido muito mais rapidamente”, revelou a fonte. Andrew foi efetivamente banido da família real no início deste ano, após escândalo envolvendo assédio sexual – foi destituído de seus títulos e honras em janeiro, semanas antes de encerrar um processo com a acusadora Virginia Giuffre.

A rainha confia cada vez mais em Charles (primeiro na linha sucessória) e no próprio William, dando a ambos espaço para opinarem sobre decisões relevantes – incluindo o futuro de Andrew.

Os herdeiros recentemente “bloquearam” Andrew de se juntar à realeza sênior para a procissão do Garter Day, no Castelo de Windsor. William teria pressionado a decisão a ponto de ameaçar não comparecer à cerimônia se o tio fosse convidado.

William permanece “muito próximo” das primas Beatrice e Eugenie, filhas de Andrew. No entanto, ele quer que o pai delas saia de cena e acredita que ele pode ser “perigoso” para a Família Real, garante a fonte do The Sun.

Ao contrário de Andrew, William está desfrutando de enorme popularidade entre os britânicos, atualmente.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Nova descoberta em Marte intriga cientistas
50 anos sem Leila Diniz, um dos maiores ícones feministas do Brasil
Deixe seu comentário
Pode te interessar