Sábado, 04 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Brasil Comando Militar do Sul celebra os 371 anos do Exército Brasileiro

O 3ª Regimento de Cavalaria de Guarda sediou em Porto Alegre as comemorações dos 371 anos do Exército Brasileiro, com a presença de autoridades e lideranças, agraciadas com a Medalha da Ordem, Medalha Exército Brasileiro e diplomas aos colaboradores eméritos da instituição. (Foto: O Sul)

O Comando Militar do Sul, repetiu a celebração anual na Capital, pela passagem do aniversário do Exército Brasileiro, que completa 371 anos. Mais de mil militares participaram da cerimônia, que ganhou palco no 3º Regimento de Cavalaria de Guarda, na avenida Bento Gonçalves, na zona Leste de Porto Alegre.

A solenidade, que contou com desfiles de guarnições militares de Porto Alegre, São Leopoldo e Sapucaia do Sul, marca o acontecimento da primeira Batalha de Guararapes, em Pernambuco, em 19 de abril de 1648, quando os holandeses foram expulsos do Nordeste brasileiro. A celebração homenageia o Dia do Exército Brasileiro e destaca o significado da data, reforçando a cultura cívica.

O ponto alto do evento foi a entrega a personalidades civis e militares das medalhas Ordem do Mérito Militar, Medalha Exército Brasileiro e dos diplomas aos colaboradores eméritos da instituição, que prestaram relevantes serviços à Força Terrestre.

A entrega foi realizada pelo general de Exército, Geraldo Antonio Miotto, comandante do CMS (Comando Militar do Sul), que fez a leitura da Ordem do Dia, “Braço Forte, Mão Amiga”, assinada pelo General de Exército Edson Leal Pujol, comandante do Exército. A mensagem destaca a atuação do Exército Brasileiro, que ao longo dos seus 371 anos de existência “tem buscado pautar suas ações para defender a nação e garantir os poderes legalmente constituídos em nossa Carta Magna e o império da lei e da ordem”.

O desfile teve representações de grupamentos a pé, motorizados e blindados. Participaram também ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) e do Batalhão de Suez, integrantes da Marinha do Brasil, da Força Aérea Brasileira (FAB), do comandante da Brigada Militar, coronel Mario Ikeda, do presidente do Tribunal de Justiça Militar, coronel Paulo Roberto Mendes, e do subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais do Ministério Público, Marcelo Lemos Dornelles.

O Vice-presidente da Rede Pampa, Paulo Sérgio Pinto, ao lado de outras autoridades e lideranças, foi distinguido com a Medalha do Exército Brasileiro, ao lado da presidente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Mônica Leal;  do deputado federal Pedro Westphalen; do advogado Jauro Von Gehlen e do médico e diretor de Cardiologia do Grupo Hospitalar Santa Casa, Fernando Lucchese, entre outros. A data foi celebrada em diversas capitais brasileiras.

Aqui alguns dos homenageados. Fotos: O Sul

As Distinções:

Medalha da Ordem do Mérito Militar
A Ordem do Mérito Militar é a mais elevada distinção honorífica do Exército  Brasileiro. Criada em 1934, destina-se a premiar os militares do Exército que tenham prestado notáveis serviços ao País ou se hajam distinguido no exercício de sua profissão e aos civis e militares, brasileiros ou estrangeiros, que hajam
prestado relevantes serviços ao Exército, bem como às Organizações Militares e Instituições Civis, nacionais e estrangeiras, que se tenham tornado credoras de homenagem especial do Exército Brasileiro.

Medalha do Exército Brasileiro
A Medalha Exército Brasileiro destina-se a distinguir cidadãos e instituições civis, brasileiros ou estrangeiros, militares estrangeiros, integrantes da Marinha do Brasil, da Força Aérea Brasileira e das Forças Auxiliares bem como suas Organizações Militares que tenham praticado ação destacada ou serviço relevante em prol do interesse e do bom nome do Exército Brasileiro.

Diploma de Colaborador Emérito
É outorgado a personalidades e instituições, em agradecimento aos serviços prestados à Força Terrestre.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

VEJA: os narradores da RÁDIO GRENAL dividem o grito de gol do título do Gauchão 2019
O prefeito de Porto Alegre sancionou uma lei que diminui as exigências para ampliar a construção de imóveis
Deixe seu comentário
Pode te interessar