Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

Brasil Entenda o que é o ciclone-bomba que atingiu a Região Sul do Brasil

Compartilhe esta notícia:

Fortes ventos causaram estragos no RS

Foto: Defesa Civil/Divulgação
Fortes ventos causaram estragos no RS. (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Com as fortes tempestades e rajadas de vento que atingiram o Sul do País na terça-feira (30) e na madrugada desta quarta (1º), o termo ciclone-bomba ganhou as manchetes dos principais veículos de comunicação.

O fenômeno natural deixou mortos e  grandes estragos nos locais por onde passou, incluindo o Rio Grande do Sul.  O termo ciclone-bomba é usado para descrever os ciclones que se formam após uma rápida queda da pressão atmosférica – ao menos 24 milibares em 24 horas. A expressão está ligada à queda acentuada da pressão em um curto período de tempo.

A pressão atmosférica é o peso da coluna de ar sobre a terra. Quando a pressão do ar está muito baixa e o centro do ciclone está muito próximo ao continente, vindo do mar, a situação requer atenção por causa da força dos ventos formados pelo ciclone e o risco de danos que pode gerar.

O ciclone-bomba se forma quando o ar frio do continente se choca com ar quente vindo do oceano. Os ventos e a rotação da Terra criam um efeito de centrifugação, por isso o termo ciclone.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Ciclone-bomba mata nove pessoas em Santa Catarina
“Todas as equipes da Defesa Civil estão mobilizadas”, diz governador sobre estragos causados por temporais no RS
Deixe seu comentário
Pode te interessar