Quinta-feira, 26 de maio de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Light Rain

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Cláudia Fachin Exercício físico e o calor

Compartilhe esta notícia:

Há riscos na realização de atividade física sob sol intenso. (Foto: Reprodução)

Atualmente, muitas pessoas buscam seguir o modelo de corpo perfeito imposto pelas mídias e, para isso, se submetem a riscos buscando atingir seu objetivo. Um desses riscos consiste na realização da atividade física sob sol intenso.

O exercício físico só deve ser feito se houver atenção a certos cuidados para que não ocorram danos, muitas vezes irreparáveis, à saúde de acordo com os especialistas. É preciso estar ciente das consequências negativas que a exposição desprotegida ou prolongada ao sol pode provocar. Conforme o doutor em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS, Andre Lopes, os principais efeitos da hipertermia são: náuseas, dor de cabeça, câimbras, tontura e fadiga acima do normal e antes do tempo, confusão mental e colapso que pode levar à morte. Os quadros mais graves que levam ao colapso acontecem em temperatura central (core temperature) maior que 40.5°C (105°F).

Procure usar roupas leves, ficar em ambientes arejados com troca de ar (ventilação natural ou mecânica), e se possível com resfriamento mecânico mais contundente (ar condicionado). Banhos mais frios ajudam momentaneamente a resfriar agudamente o corpo em caso de necessidade extrema. Consumir muita água e frutas que tenham bastante água e sais minerais que ajudam no processo de hidratação. Usar roupas mais largas e de tecido mais tecnológico que permitam uma boa troca de calor com o meio.

Outras dicas e cuidados que devem ser tomados:

– Beber muito líquido ao se expor ao sol, pois evita a desidratação e todas as suas consequências;
– Usar sempre o protetor solar, independentemente se o período de exposição for curto, longo, e se o dia está ou não nublado;
– Utilizar bonés, chapéus ou viseiras sempre que possível, assim como o uso de guarda-sol de acordo com cada situação ou atividade a ser praticada;
– Atentar-se às roupas e equipamentos para os treinos, incluindo produtos pensados para essa finalidade, como é o caso de roupas com tecidos “anti-uv” (que bloqueiam a passagem dos raios ultravioletas);
– Para evitar lesões nos olhos, não abra mão dos óculos escuros, pois eles oferecem proteção para esta região do corpo.

É importante frisar ainda que para uma prática de exercícios físicos saudável e segura, inclusive no verão, devemos tomar cuidados específicos, ter o acompanhamento de profissionais, e também ter precaução e moderação. Cuide da sua saúde.

Claudia Fachin, educadora física

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Cláudia Fachin

Fatos históricos do dia 24 de janeiro
Gabriel Souza cresce como proposta de renovação no MDB
Deixe seu comentário
Pode te interessar