Sexta-feira, 03 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Partly Cloudy

Política Felipe Neto diz que apoiadores de Bolsonaro “agem pelos bastidores” nas redes sociais

Felipe Neto diz que aliados do presidente movimentam uma "máquina de assassinato de reputações".

Foto: Reprodução/Instagram
Felipe Neto diz que aliados do presidente movimentam uma "máquina de assassinato de reputações". (Foto: Reprodução/Instagram)

Para o youtuber Felipe Neto, a família Bolsonaro e os bolsonaristas agem “nos bastidores” das redes sociais para reagir a críticas ao presidente Jair Bolsonaro. “(Eles)Temem, pois sabem que é impossível bater de frente no digital. Por isso, ao invés de agirem pela frente, agem pelos bastidores, movimentando a máquina de assassinato de reputações”, afirmou. As informações são do jornal Estado de S. Paulo, que entrevistou o youtuber. Confira trechos da conversa.

1. Você se tornou uma voz não política capaz de afetar apoiadores do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais. Tem a dimensão desse impacto?

Eu me vejo apenas como um cidadão exercendo seu papel de cobrança em cima daqueles que trabalham para o povo. Minha indignação é vociferada por muitas pessoas, justamente porque elas se identificam com o mesmo nível de cobrança. Não posso achar que isso me dá uma função ou me torna especial, porque esse é o primeiro passo para se perder no caminho.

2. O debate político está, agora, também no mundo virtual. Essa mudança, de alguma forma, atingiu seus seguidores?

No YouTube, eu continuo sendo o mesmo apresentador de curiosidades e humor, mas acredito que, no Twitter, as pessoas me procuram mais pelo meu posicionamento mais sério a respeito de temas como a política, sim. Eu não vejo o Twitter como extensão do meu trabalho. Vejo como um local onde eu posso ser eu mesmo, sem qualquer compromisso.

3. Bolsonaristas temem o seu poder de fogo nas redes sociais?

Sim, temem, pois sabem que é impossível bater de frente no digital. Por isso, ao invés de agirem pela frente, agem pelos bastidores, movimentando a máquina de assassinato de reputações que a imprensa já mostrou tão bem como funciona. Essa é a forma que covardes usam para agir.

Palanque virtual

O palanque virtual é um território estratégico para o Planalto. O próprio Bolsonaro sempre diz que a campanha nas redes foi decisiva para sua vitória, em 2018. À época, ele derrubou “dogmas” do marketing eleitoral. O presidente e seus apoiadores mantêm a ofensiva de comunicação por meio dessas mídias, mas são cada vez mais desafiados por “outsiders” da política.

Os oposicionistas influentes interagem no Twitter. Felipe Neto tem seus posts bastante retuitados por Paola Carosella, 47 anos, apresentadora de TV. Paola não poupa críticas a apoiadores de Bolsonaro, como o empresário Luciano Hang e o filósofo Olavo de Carvalho.

Na semana passada, Felipe Neto comentou no Twitter a operação do Ministério Público do Rio para apurar o envolvimento do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) em esquema de “rachadinha” – no qual servidores devolvem parte dos salários aos parlamentares – na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

“A situação do Flávio Bolsonaro é de terror absoluto. Pelo que corre nos bastidores, ele está completamente sem saída. E isso me deixa, nesse momento, com bastante medo. Eu não sei até onde o Bolsonaro pai será capaz de ir para proteger o filho criminoso”, escreveu o youtuber. Até ontem, o post tinha 47,7 mil curtidas e havia sido retuitado por 4,3 mil pessoas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

“Neiva do céu, o que foi 2019?”: confira alguns dos principais memes do ano
Pais de bebês prematuros ganham surpresa de Natal no Hospital Moinhos de Vento
Deixe seu comentário
Pode te interessar