Sábado, 26 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Partly Cloudy

Esporte Com gol no final, o Inter vence o América de Cali por 4 a 3 na Libertadores

Compartilhe esta notícia:

Abel Hernández marcou dois no primeiro tempo, um deles antes de completar 1 minuto de jogo.

Foto: Ricardo Duarte/Internacional
Abel Hernández marcou dois no primeiro tempo, um deles antes de completar 1 minuto de jogo. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O Internacional venceu nesta quarta-feira (16) por 4 a 3 o América de Cali, da Colômbia, no Beira-Rio. A partida marcou o retorno do grupo à Libertadores, após seis meses paralisada. A equipe colorada segue líder do grupo E. Os gols colorados foram marcados por Abel Hernández e Boschilia, que fizeram dois cada um. Vergara, Ramos e Moreno marcaram para os visitantes.

O primeiro tempo terminou com o Inter vencendo por 3 a 1: Abel Hernández marcou antes mesmo de completar um minuto, aos 43 segundos do primeiro tempo. Boschilia ampliou, aos 18 minutos, mas Vergara descontou, aos 27 minutos, para os colombianos. No segundo tempo, Adrian Ramos marcou logo aos 3 minutos, e aos 32 minutos, Moreno deixou tudo igual. Somente aos 90 minutos novamente com Boschilia, o Inter fez 4 a 3 e fechou o placar.

O jogo

Uendel iniciou como titular e aos 43 segundos de jogo fez um belo cruzamento que resultou em gol: Abel Hernández cabeceou e marcou seu primeiro com a camisa colorada.

A equipe chilena sentiu, partiu para cima do Inter e tentou levar perigo. Mas foi o colorado que voltou a assustar aos 11 minutos. Após cobrança de escanteio, Lindoso, de frente parta o gol, cabeceou e mandou por cima da meta de Chaux.

O time de Chacho continuou pressionando e o resultado foi mais um gol. Aos 18, Abel Hernández serviu Boschilia que chutou, o goleiro defendeu e no rebote o meia não desperdiçou. Internacional 2, América de Cali 0.

Em nenhum momento do primeiro tempo o América levou perigo ao gol de Lomba, mas aos 27, Vergara chutou cruzado sem chances para o goleiro colorado. O Inter não se intimidou e continuou buscando o gol. Aos 31 ele apareceu novamente e também saiu com Abel Hernández. Após escanteio, Lindoso cabeceou no poste e, no rebote, o centroavante marcou o terceiro do colorado. Após os 35, a partida deu uma acalmada, e somente aos 41, o América de Cali tentou assustar, mas Saravia afastou o perigo.

Atrás no placar, a equipe chilena voltou para a segunda etapa tentando chegar ao ataque e, dessa vez, foram eles que marcaram nos primeiros minutos. Aos 3, Marlon Torres acertou o travessão e, no rebote, Adrián Ramos marcou e diminuiu. O América seguiu no ataque e quando o ponteiro marcava 14 minutos, Pérez chutou e Marcelo Lomba fez uma grande defesa.

Após marcar dois gols, Abel saiu para a entrada de Leandro Fernández. O atacante entrou e, aos 24, bateu uma falta e a bola quase entrou. Chaux fez boa defesa. A partir daí, foi o colorado que passou a pressionar mais, contabilizava faltas e escanteios, mas foram novamente os chilenos que marcaram. Aos 32, Moreno aproveitou a falha da defesa e deslocou de Marcelo Lomba, deixando tudo igual no Beira-Rio.

Aos 38 foi a vez do Inter assutar: Fernández recebeu na área e chutou, mas Chaux fez uma grande defesa. Aos 40, foi a vez do América de Cali tentar. Carrascal chutou e Lomba que brilhou. Mas no acabar das luzes o colorado conseguiu a vitória. Novamente Boschilia marcou e recolocou o Inter na frente aos 90 minutos, encerrando com vitória a partida.

A vitória desta quarta foi a primeira entre os últimos cinco duelos entre as equipes na Libertadores. Até então eram três empates e uma vitória dos colombianos, por 4 a 2, em 1993.

A campanha colorada iniciou na fase preliminar da competição. Eliminou Universidad de Chile e Tolima (Colômbia). Já na fase de grupos, o Inter venceu Universidad Católica, também do Chile, e empatou com o Grêmio.

Na próxima quarta-feira (23) o Inter volta a campo pela Libertadores contra o Grêmio, às 21h30min, no Beira-Rio. O último Grenal, o primeiro na competição, terminou em confusão.

Internacional – Técnico Eduardo Coudet

Marcelo Lomba, Rodrigo Moledo, Zé Gabriel, Uendel, Lindoso (D’Alessandro), Saravia, Patrick, Boschilia (Lucas Ribeiro), Nonato (Johnny), Abel Hernández (Leandro Fernández), Thiago Galhardo.

América de Cali – Técnico J. Cruz Real

Chaux, Cegovia, Torres, Velasco, Ureña, Paz (Jaramillo), Sierra (Arias), Carrascal, Vergara, Pérez (Moreno), Ramos.

Arbitragem

Facundo Tello, argentino, auxiliado pelos compatriotas Gabriel Chade e Facundo Rodríguez.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

O relatório final da CPI contra Marchezan na Câmara de Vereadores de Porto Alegre será enviado ao Ministério Público
Morre o criador da Festa Nacional da Música
Deixe seu comentário
Pode te interessar