Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Cloudy

Política Ministro do Meio Ambiente diz que conta no Twitter foi usada indevidamente e apaga post sobre o presidente da Câmara dos Deputados

Compartilhe esta notícia:

Ministro Salles (foto) disse que ele não foi responsável por chamar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, de "Nhonho"

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Ministro Salles (foto) disse que ele não foi responsável por chamar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, de "Nhonho". (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou na manhã desta quinta-feira (29) que sua conta no Twitter foi utilizada indevidamente e que ele não foi responsável por chamar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de “Nhonho”.

Segundo Salles, ele sempre teve uma relação cordial com Maia. Ele também apagou o post com a ofensa ao presidente da Câmara dos Deputados. “Fui avisado há pouco que alguém se utilizou indevidamente da minha conta no Twitter para publicar comentário junto a conta do Pres. da Câmara dos Deputados, com quem apesar de diferenças de opinião sempre mantive relação cordial”, escreveu.

No último sábado (24), Maia saiu em defesa do general Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria de Governo, criticando Salles pela sua atuação no Ministério do Meio Ambiente e por ter externado conflitos internos da Esplanada.

“O ministro Ricardo Salles, não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo”, escreveu o presidente da Câmara no Twitter. Na noite de quarta-feira (28), a conta de Salles no Twitter postou “Nhonho” em resposta ao comentário de Maia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Novo surto de coronavírus no Reino Unido aumenta pressão por confinamento nacional
Chanceler da Alemanha adverte contra “mentiras e desinformação” na luta contra o coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar