Sexta-feira, 03 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Rio Grande do Sul Nova ferramenta on-line facilita a tramitação de processos na Fepam

Compartilhe esta notícia:

A nova ferramenta on-line proporciona agilidade e economia

Foto: Divulgação
A nova ferramenta on-line proporciona agilidade e economia. (Foto: Divulgação)

Empreendedores com processo físico tramitando na Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental) agora podem fazer a juntada de documentos de forma eletrônica. A nova ferramenta on-line, que proporciona agilidade e economia, está disponível no site da instituição.

De acordo com a presidente da Fepam, Marjorie Kauffmann, o enfrentamento da pandemia acelerou decisões que já estavam em pauta e, assim, foi possível apresentar a novidade. “Por vezes, empreendedores do interior viajavam quilômetros até Porto Alegre para trazer algum documento em papel para complementar ou esclarecer pontos importantes do licenciamento. Isso gerava um gasto de tempo e de dinheiro. Com a nova ferramenta, estamos agregando modernidade e facilidade aos procedimentos”, afirma.

Segundo a Fepam, essa é mais uma melhoria adotada pela instituição, que tem aliado novos formatos e possibilidades com as metas da atual gestão: qualificar processos, diminuir gastos e reduzir o tempo médio de análise das licenças. Outra medida nesse sentido foi a retomada, no fim de abril, de agendamento on-line de reuniões entre técnicos e empresas, assessorias e demais interessados. Devido à Covid-19, os encontros agora são realizados por videoconferência, que pode ser agendada clicando aqui.

“As novas ferramentas possibilitam que o trabalho e os processos não parem mesmo durante o estado de calamidade pública, fazendo com que o Rio Grande do Sul siga crescendo. Além disso, as medidas vão ficar de legado a todos quando a pandemia terminar”, reforça Marjorie.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Campanha incentiva viagens pelo Rio Grande do Sul quando o isolamento social acabar
Organização Mundial da Saúde diz que está preocupada com a “séria cegueira” de alguns países
Deixe seu comentário
Pode te interessar