Quarta-feira, 08 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Light Drizzle

Cultura Orquestra da Ulbra interpreta Bach, Vivaldi e Handel no Domingo Clássico

Compartilhe esta notícia:

Orquestra da Ulbra. (Foto: Fabio Kremer/Divulgação)

Três importantes nomes do período Barroco – J. S. Bach, A. Vivaldi e G. F. Handel – norteiam o programa do próximo concerto da Orquestra de Câmara da Ulbra. O espetáculo da série Domingo Clássico será neste domingo (4), às 19h, na Associação Leopoldina Juvenil (Marquês do Herval, 280), com entrada franca. Na ocasião, a Orquestra receberá três solistas convidados: Viktoria Tatour (oboé), Camilo da Rosa Simões (violino) e Ange Paola Bazzani (fagote). A regência é de Tiago Flores e haverá ainda a participação de Fernando Cordella, ao cravo.

O espetáculo inicia com Concerto Grosso, Op 6 nº 5, composto em 1739 por Handel. Característico do período Barroco, o concerto grosso é um gêneroestritamente instrumental, na qual um grupo de solistas — geralmente dois violinos e um violoncelo — dialoga com o resto da orquestra. Esta peça terá solo de três músicos da Orquestra da Ulbra: Émerson Kretschmer (violino), Luiz Guilherme Nóbrega (violino) e Alexandre Diel (violoncelo).

O repertório inclui ainda Concerto para violino, oboé e orquestra- BWV 1060, obra de Bach que havia se perdido e foi reconstruída no século XX. A peça terá participação da solista Viktoria Tatour, ao oboé, musicista que atuou na Sinfônica do Estado da Bielorrússia e atualmente atua como primeiro Oboé da Ospa. Camilo da Rosa Simões, laureado nos concursos Jovens Solistas da OSPA (2001, 2002) e Raiffeisen Klassik-Preis (2005), será o solista ao violino.

Na segunda parte do programa, a Orquestra executa três peças de Vivaldi. Concerto em Mi menor para fagote e orquestra – RV 484 terá atuação da colombiana Ange Paola Bazzani no fagote. Aprovada como fagotista da Orquestra Sinfônica Nacional da Colômbia e na Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, atualmente é solista da Ospa. Também haverá Concerto em Si menor – RV 168 e Concerto grosso op 3 nº 11, do mesmo compositor.

Programa

G.F. Handel (1685-1759): Concerto Grosso, Op 6 nº 5. Solistas: Émerson Kretschmer (violino), Luiz Guilherme Nóbrega (violino) e Alexandre Diel (violoncelo).

J.S.Bach (1685-1750): Concerto para violino, oboé e orquestra- BWV 1060. Solistas: Viktoria Tatour (oboé) e Camilo da Rosa Simões (violino).

Antonio Vivaldi ( 1678- 1741): Concerto em Si menor – RV 168. Antonio Vivaldi: Concerto em Mi menor para fagote e orquestra – RV 484. Solista: Ange Paola Bazzani (fagote).

Antonio Vivaldi: Concerto grosso op 3 nº 11. Cravo: Fernando Cordella.

A regência é de Tiago Flores.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Cultura

Analistas elogiam a mudança em regra de segurança no trabalho. A expectativa é que a alteração facilite a criação de empresas e compra de máquina
Bolsonaro pressiona o ministro da Economia a demitir um indicado de Sérgio Moro da chefia do Conselho de Controle de Atividades Financeiras
Deixe seu comentário
Pode te interessar