Sexta-feira, 03 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Fair

Brasil Ouvidorias dos bancos terão prazo de dez dias úteis para resolver problemas dos correntistas

Compartilhe esta notícia:

Banco Central exigirá das instituições uma prestação de contas do serviço. (Foto: Bia Fanelli/Folhapress)

Os bancos terão um prazo de dez dias úteis para resolver os problemas registrados pelos correntistas no serviço de ouvidoria dessas instituições. O tempo anterior era de 15 dias corridos. As queixas apresentadas pelos clientes também terão que ser gravadas, como ocorre com o SAC (serviço de atendimento ao consumidor).

Além disso, o número do contato da ouvidoria terá que estar disponível na página principal da instituição, para facilitar a visualização por parte do cliente. Essas medidas foram aprovadas na quinta-feira pelo Conselho Monetário Nacional.

Os bancos terão até 30 de junho de 2016 para se adaptarem às novas regras. De acordo com a chefe do Departamento de Regulação Financeira do BC (Banco Central), Silvia Marques, o objetivo é aperfeiçoar as normas de ouvidoria, existentes desde 2010 no País.

“Essas alterações visam aumentar a transparência e promover maior eficiência ao processo de ouvidoria”, afirmou Silvia. Ela destacou, ainda, que o BC exigirá das instituições uma prestação de conta do serviço de ouvidoria a cada semestre.

Última instância

Em relação à obrigatoriedade da divulgação dos relatórios na internet, Silvia diz que o público deve ter acesso a informações até agora restritas à autoridade monetária. “O BC já tem essas informações, mas elas não chegam ao público de forma sistemática.” Silvia ressaltou que a ouvidoria é a última instância que o consumidor deve procurar. O ideal é tentar resolver o problema no SAC ou procurar a própria instituição. (Geralda Doca/AG e ABr)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Soro contra a raiva tem estoques baixos no País
Petrobras teve prejuízo de 6 bilhões de reais com venda de nafta à Braskem
Deixe seu comentário
Pode te interessar