Domingo, 26 de maio de 2024

Porto Alegre
Porto Alegre, BR
12°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Bruno Laux Panorama Político

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Reprodução)

Esta coluna reflete a opinião de quem a assina e não do Jornal O Sul. O Jornal O Sul adota os princípios editorias de pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independência.

Harmonia condicionada

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), garantiu ao chefe da Casa Civil, Rui Costa, que seu recente conflito com a Secretaria das Relações Institucionais do governo não vai interferir na agenda econômica do Executivo no Congresso. Apesar de manter a boa relação com o Planalto, o parlamentar afirmou que se recusa a tratar de quaisquer pautas com o líder da pasta federal, Alexandre Padilha.

 

Viagens pelo Brasil

De olho nas pesquisas de popularidade, o presidente Lula deve intensificar no segundo semestre deste ano os planos de viagens pelos estados brasileiros. A expectativa é de que o chefe do Executivo priorize unidades federativas que ainda não visitou no atual mandato, tentando melhorar a imagem do governo e demonstrar apoio a candidatos às eleições municipais.

 

Assunto encerrado

Para o presidente do STF, Luís Roberto Barroso, o conflito entre o dono do X, Elon Musk, e o ministro Alexandre de Moraes, é “assunto encerrado”. Apesar do posicionamento, o magistrado reconhece que o embate é fundo de uma discussão mais complexa, travada em todo o mundo, sobre a regulamentação das redes.

 

Mudanças na Esplanada

Lideranças do PT afirmam que o presidente Lula deve realizar algumas alterações na composição do governo no final de 2024. Dentre as mudanças esperadas, está a ascensão da atual líder da sigla, Gleisi Hoffmann, à Esplanada, logo após a conclusão do seu mandato à frente da legenda.

 

Aceno aguardado

Parlamentares da bancada da bala estão otimistas quanto à possível flexibilização da política de armas estabelecida no governo Lula. O líder da Comissão de Segurança Pública da Câmara, deputado Alberto Fraga (PL-DF), afirmou a pessoas do seu entorno que o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, deve fazer um aceno ao colegiado nos próximos dias.

 

Tropas de prontidão

Equipes da Força Aérea Brasileira estão preparadas para uma eventual missão de repatriação de brasileiros em Israel, frente aos recentes ataques do Irã. O comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do Ar Marcelo Damasceno, solicitou prontidão às tropas para um possível acionamento do governo.

 

Nota tímida

O senador Sergio Moro (União-PR) criticou a manifestação do Itamaraty sobre os ataques do Irã a Israel, neste final de semana, a qual considerou uma “nota tímida”. O parlamentar defende que o movimento iraniano deveria ser condenado pelo Brasil “sem firulas diplomáticas”.

 

Etapas finais

A Polícia Federal vai encaminhar uma equipe aos EUA até o fim de abril para apurar as transações com joias da Presidência realizadas pelo ex-presidente Jair Bolsonaro e seu entorno. A verificação está entre os detalhes finais para a conclusão das investigações no Brasil sobre a venda dos artefatos.

 

Exame de magistratura

Cerca de 40 mil bacharéis em direito participaram neste domingo do 1º Exame Nacional da Magistratura. A prova, instituída pelo Conselho Nacional de Justiça, no ano passado, é obrigatória para interessados em ingressar em concursos da magistratura, promovidos pelos diferentes tribunais do país.

 

Prioridade no SUS

A Comissão de Previdência e Assistência Social da Câmara aprovou um projeto de lei que prioriza serviços de saúde e de atenção psicológica do SUS a mães e pais atípicos. O projeto, que segue tramitando em outros colegiados, se estende ainda a cuidadores designados de pessoas com deficiência, transtorno ou doença que demande cuidados especiais permanentes.

 

Reitor interventor

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara debate nesta terça-feira o processo de destituição do reitor da UFRGS, já aprovado pelo Conselho Universitário da instituição. A deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS), proponente da discussão, afirma que a entidade está sob o comando de um “reitor interventor”, enquanto o Ministério da Educação não se posiciona em relação à vontade da comunidade acadêmica.

 

Cooperação italiana

O governador Eduardo Leite se reúne nesta segunda-feira, em Verona, na Itália, com o presidente da Região do Vêneto, Luca Zaia. O chefe do Executivo gaúcho deve dialogar sobre potenciais oportunidades de cooperação com o RS, além de convidar o líder regional para a celebração dos 150 anos da imigração italiana no Estado.

 

Viagem inoportuna

Deputados estaduais e federais opositores a Eduardo Leite criticaram nas redes sociais a viagem do governador gaúcho à Europa. Os parlamentares alfinetaram questões relacionadas ao tamanho da comitiva que acompanha o líder estadual, além de sua saída do RS logo após a apresentação de um projeto de aumento do ICMS.

 

Guarda civil

A Câmara de Porto Alegre promove uma audiência pública nesta segunda-feira para dialogar sobre o projeto de lei complementar que cria a Guarda Civil Metropolitana de Porto Alegre. Apresentada pelo Executivo municipal, o texto propõe a instituição do plano de carreira de guarda civil metropolitano, extinguindo os cargos de Guarda Municipal e Guarda-Parques.

 

Convivência nos bairros

Os vereadores da capital gaúcha realizam também nesta semana a instalação da Frente Parlamentar pela Boa Convivência nos Bairros. Proposto pelo vereador Pablo Melo (MDB), o colegiado deve dar suporte para o avanço de ações que promovam um cotidiano pacífico entre moradores de Porto Alegre, além de garantir a boa ocupação dos espaços públicos e maior segurança nos locais.

 

DTG na Restinga

A prefeitura de Porto Alegre formalizou neste final de semana o termo de permissão de uso não oneroso ao Departamento de Tradições Gaúchas Galpão Missioneiro, no bairro Restinga. O secretário municipal de Administração e Patrimônio, André Barbosa, afirma que a decisão integra o programa de regularização dos imóveis do município e auxilia no desenvolvimento social e cultural da região.

Esta coluna reflete a opinião de quem a assina e não do Jornal O Sul.
O Jornal O Sul adota os princípios editorias de pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independência.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bruno Laux

Insatisfação na Eletrobras
Notícias da Assembleia Legislativa do RS
https://www.osul.com.br/panorama-politico-414/ Panorama Político 2024-04-15
Deixe seu comentário
Pode te interessar