Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Light Rain with Thunder

Rio Grande do Sul O Rio Grande do Sul tem 1.947 mortes por coronavírus e ultrapassa 70 mil casos da doença

Compartilhe esta notícia:

Atualização deste sábado registra 71 novos óbitos e 3.772 pacientes positivados.

Foto: SES/Reprodução
Atualização deste sábado registra 71 novos óbitos e 3.772 pacientes positivados. (Foto: SES)

Neste sábado (1º), o Rio Grande do Sul registrou mais 1.947 mortes por coronavírus. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde, que também atualizou o número de casos confirmados no Estado: 70.456.

Foram registrados 71 novos óbitos e 3.772 novos casos, que ocorreram entre 11 de julho e 1º de agosto.

As vítimas da pandemia estão localizadas em Alvorada (três homens com 63, 71 e 79 anos), Bagé (mulher, 66 anos), Bento Gonçalves (homem, 66 anos), Cachoeirinha (homem, 63 anos), Caiçara (homem, 70 anos), Camaquã (mulher, 48 anos) e Canela (homem, 69 anos). Em Canos, a doença vitimou cinco pessoas; três homens (49 e 70 e 86 anos) e duas mulheres (52 e 67 anos). Dom Pedro de Alcântara informou a morte de mulher de 68 anos e Esteio registrou duas mortes: um homem de 72 anos e uma mulher de 73 anos. Garibaldi (homem, 74 anos) e Gramado (homem, 63 anos) mais um registro em cada cidade e Gravataí outros quatro: três mulheres de 57, 67 e 87 anos e um homem de 67 anos. Marau (mulher, 98 anos), Novo Hamburgo (dois homens: 54 e 87 anos), Nova Hartz (homem, 66 anos), Panambi (homem, 65 anos), Parobé (dois homens: 70 e 81 anos), Parobé (homem, 81 anos), e Passo Fundo (homem, 59 anos) também informaram perdas para a doença.

Em Porto Alegre houveram várias vítimas para o Coronavírus. Ao todo foram 11 vidas perdidas para a doença, sendo cinco mulheres de idade entre 48 e 92 anos, e seis homens, entre 62 e 91 anos.

Rio Grande também informou duas mortes:  uma mulher, 25 anos, e um homem, 62 anos. Outras mortes são de Sapucaia do Sul (homem, 45 anos); Sarandi, outras duas vítimas (mulheres de 57 anos e 85 anos); Taquara (homem, 75 anos); Vespasiano Corrêa (homem, 85 anos) e Viamão (dois homens: 43 e 83 anos).

Ainda segundo o boletim, 60.410 pacientes não apresentam mais sintomas da doença, o número corresponde a 86% dos casos.

Já a taxa de letalidade por coronavírus no Rio Grande do Sul está estimada em 2,8%. A ocupação dos leitos de UTI atinge 75,1%, o que corresponde a 1.833 pacientes internados nos 2.441 leitos oferecidos.

Oito casos foram excluídos por duplicidade ou revisão de resultado de acordo o boletim de atualização da SES, que não informou quais eram as cidades. Também houve a troca do município de residência de um óbito ocorrido no último dia 19, primeiramente registrado como de Tupanciretã e alterado para São Gabriel.

Distanciamento controlado – Nesta sexta (31), das 20 regiões do esquema de Distanciamento Controlado do Estado, 12 foram classificadas com risco epidemiológico alto (bandeira vermelha) e as outras oito com risco médio (laranja) no mapa preliminar da 13ª rodada. Com o prazo de 36 horas para municípios e associações apresentarem pedidos de reconsideração, as bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira (3), segundo informações do Palácio Piratini.

Cinco áreas do Rio Grande do Sul registraram piora nos indicadores e passaram para a bandeira vermelha: Santo Ângelo, Santa Rosa, Pelotas, Bagé e Lajeado.

 

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

O Brasil registra mais 1.088 mortes por coronavírus em 24 horas e ultrapassa a marca de 93 mil óbitos
Polícia Civil apreende 90 quilos de cocaína na região metropolitana de Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar