Quinta-feira, 30 de maio de 2024

Porto Alegre

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Acontece Rótula é batizada em homenagem ao porto-alegrense Sócrates Hagi Frantzeski

Compartilhe esta notícia:

Reconhecimento foi proposto pelo vereador Idenir Cecchim.

Foto: Gabriel Niquele

Por iniciativa do vereador de Porto Alegre Idenir Cecchim, a rótula entre a Avenida Juca Batista e a Estrada Cristiano Kraemer, no Bairro Hípica, foi nomeada em reconhecimento a Sócrates Hagi Frantzeski. A oficialização do nome foi feita no último sábado (13), com a presença do prefeito da capital gaúcha, Sebastião Melo, do parlamentar proponente da homenagem e dos familiares de Sócrates.

“O Sócrates é um homem da cidade, do dia e da noite. Ele tinha muitos amigos em todos os lugares. Sócrates não era meu amigo, ele é. Porque a gente, quando guarda no coração, as pessoas não vão embora”, discursou Cecchim aos presentes. “Parabéns para a família por ter tido o Sócrates como timoneiro”, completou.

A homenagem é um reconhecimento às contribuições de Sócrates como cidadão para a cidade de Porto Alegre.

Sobre Sócrates Hagi Frantzeski

Filho do chipreano Michael Hagi Frantzeski, Sócrates nasceu no Bairro Tristeza, em Porto Alegre, em 23 de maio de 1944. No bairro se fixou como morador, estudante, jogador, militar, comerciante e marido, pai e avô.

Serviu ao Exército Brasileiro como fotógrafo e participou da Missão de Paz da ONU, no 4 º Contingente do Batalhão do Canal do Suéz, no Egito, entre o Mar Mediterrâneo e o Mar Negro. Quando a “Guerra dos 6 dias” aconteceu, em 1967, um dos seis homens de sua barraca faleceu, e os companheiros trouxeram o corpo do combatente para a família, em Porto Alegre.Esta Tropa ficou popularmente Conhecida como os “Boinas Azuis”.

De volta à capital gaúcha, Sócrates dedicou-se ao empreendedorismo, ao comércio e à fabricação de malharia e confecção, tendo lojas em São Paulo, Uruguaiana, Livramento e Porto Alegre. O nome da malharia era Kypros, do grego, que em português significa “Ilha de Chipre”, uma homenagem às origens de seu pai.

Aos 33 anos, casou-se com Claudete, com quem construiu uma família: o primogênito Michael Hagi Frantzeski, Cristhian e a caçula Michelle.

Em Tramandaí, foi proprietário da casa noturna “O Panorama “, sensação nos anos de 1979, 80 e 81. Por solicitação da esposa, vendeu a casa e retornou ao ramo da confecção, onde ficou conhecido como o “Rei do Abrigo” e dos “Casacos de Ovelinha”.

Com o filho mais velho já adolescente, a família montou a Churrascaria Porks, na Avenida Cristóvão Colombo. Seu último empreendimento foi a MCM Lonas, locação de pirâmides para eventos.

Torcedor colorado, esteve nas duas inaugurações do Beira Rio. Tinha muito orgulho de suas origens gregas, e a culinária era uma de suas paixões, bem como as artes, a música e a pintura.

Sócrates Hagi Frantzeski faleceu em 20 de maio de 2021, durante a pandemia da Covid-19. 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Associação Riograndense de Imprensa lança campanha para alertar sobre fake news
Prédio icônico da capital gaúcha passa por retrofit para projeto imobiliário de alto padrão
https://www.osul.com.br/rotula-batizada-homenagem-socrates-hagi-frantzeski/ Rótula é batizada em homenagem ao porto-alegrense Sócrates Hagi Frantzeski 2024-04-16
Deixe seu comentário
Pode te interessar