Segunda-feira, 30 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Bem-Estar Saiba como proteger os idosos sem que o isolamento represente solidão

Idosos devem ficar isolados para evitar a Covid-19

Foto: Divulgação
Idosos devem ficar isolados para evitar a Covid-19. (Foto: Divulgação)

“Cuidem dos idosos!”, repetiu diversas vezes, com bastante ênfase, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em 17 de março, quando foi anunciada a primeira morte por coronavírus no Brasil. Ele também falou sobre a importância de proteger “pai, mãe, avó, tia-avó”.

Desde então, existe a recomendação de se manter os idosos em isolamento social. Com isso, as instituições de longa permanência para idosos suspenderam a visitação dos familiares e proibiram passeios.

“É importante reduzir o número de visitas para evitar contágio. Em algumas instituições, a visita é aberta apenas em casos excepcionais”, explica Eva Bettine, presidente da Associação Brasileira de Gerontologia.

Para diminuir a solidão, a sugestão é a videochamada. “São utilizadas para diminuir a ansiedade e os idosos saberem como estão seus familiares”, diz Marcella dos Santos, enfermeira chefe do Grupo DG Sênior.

Nos tempos de isolamento e pandemia, o voluntariado passou a ser ainda mais importante para ajudar os idosos. Há muitos relatos de ações de vizinhos que se propõem a fazer compras para os moradores mais velhos da região, assim eles não precisam sair de casa.

“O vínculo pode existir mesmo sendo remoto e, nesse sentido, podemos tirar vantagem da internet”, afirma a psicóloga Lecy Alves Zwarg. “Conversar, jogar, brincar, cantar, ensinar ou aprender algo podem ser alternativas para minimizar o impacto emocional do isolamento.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bem-Estar

Bolsonaro inclui atividades religiosas na lista de serviços essenciais em meio ao coronavírus
Senado dos EUA aprova pacote de US$ 2 trilhões para aliviar os impactos do coronavírus na economia
Deixe seu comentário
Pode te interessar