Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

Geral Síndrome do domingo à noite: entenda por que você se sente tão desanimado e sem vontade de voltar à rotina na segunda

Compartilhe esta notícia:

A expectativa pelo retorno à rotina muitas vezes acaba tirando o prazer de curtir as últimas horas do fim de semana. (Foto: Reprodução)

“Amanhã começa tudo de novo”. Esse pensamento é frequente para quem sofre da síndrome do domingo à noite. O problema é caracterizado pela angústia e pela ansiedade de iniciar mais um período de trabalho ou estudos. A expectativa pelo retorno à rotina muitas vezes acaba tirando o prazer de curtir as últimas horas do fim de semana.

“Ao acabar o domingo, todo mundo percebe que eu fico desanimado. É que vou ter que enfrentar mais uma semana corrida de trabalho”, admite o vendedor Fabio Silva, de 38 anos.

Sentir-se cabisbaixo com a aproximação da segunda-feira pode ocorrer com qualquer pessoa, esteja ela empregada ou estudando. De acordo com uma pesquisa realizada pelo consultor de carreiras Fredy Machado, cerca de 90% das pessoas não estão satisfeitas em seus trabalhos. Esse é um dos pontos que podem gerar a síndrome.

“Aqueles que trabalham por ganhos diários ou semanais, os que trabalham na rua, com público aberto, normalmente são mais reagentes e efetivamente sentem mais o efeito do fim de domingo”, aponta Tânia Mello, psicóloga da Clinipae.

De acordo com especialistas, o ritmo do mundo moderno tem feito os seres humanos sentirem cada vez mais desânimo ao fim do domingo. Problemas recorrentes vividos durante a semana podem ser outro gatilho para a síndrome.

“Muitas pessoas sofrem disso por conta da falta de motivação e, às vezes, até mesmo por sofrer enfrentarem situações estressantes de maneira rotineira, como casos de bullying na escola”, exemplifica Livia Marques, psicóloga com foco em terapia cognitivo-comportamental.

Para a psicanalista Renata Bento, é normal ficar mais reflexivo em fins de ciclos, como o domingo à noite.

“Isso acontece por conta da imprevisibilidade da vida. Ficamos ansiosos pelo que está por vir. Mas precisamos lembrar que não temos garantia de nada. Tudo o que temos hoje, podemos não ter mais amanhã. É importante pensarmos o quão significativo é viver o presente. Por isso, a dica é tentar aproveitar o domingo até o último segundo”, indica a especialista.

Se os sintomas surgirem toda semana ou se tornarem frequentes também durante os dias úteis, é preciso buscar ajuda de um profissional de psicologia, pois outros problemas podem estar camuflados na síndrome do domingo à noite.

Veja abaixo dicas para superar o problema:

Motivo da aflição

Pare para pensar em o que deixa você mais aflito com o início da nova semana: são suas tarefas repetitivas no trabalho? Tem algo relacionado com seus colegas? É alguma reunião que está deixando você mais ansioso? Tente achar o motivo e procure estratégias para solucionar este problema.

Programe atividades prazerosas

Tire este dia para se divertir. Programe o domingo, principalmente após o almoço, para fazer aquilo que você gosta. Isto ajudará a não pensar na semana que está para começar.

Organize a próxima semana

Para quem tem muita dificuldade de não pensar na próxima semana, uma das opções é sentar e organizar todos os compromissos da semana. Isso favorece a redução da preocupação com o que está ainda n campo da projeção.

Procure por ajuda

Se a angústia com o início da nova semana for muito frequente e estiver prejudicando seu relacionamento com outras pessoas, procure ajuda de um profissional de psicologia.

Busque coisas novas

Novidades positivas sempre deixam as pessoas animadas e bem-humoradas. Procure colocar em prática os planos que você fez para este ano. Isso dará a você mais motivação durante a semana.

Foque no presente

Tente não se preocupar com o futuro. Mesmo que você se planeje, não há certeza de que tudo sairá conforme você quer. Portanto, procure não gastar muita energia com o futuro. Atente-se ao presente.

Fique perto de quem você ama

Estar cercado por pessoas que você ama também ajuda a criar a sensação de prazer. Aproveite o dia para reunir parentes e amigos. Mate a saudade que você sente.

Faça exercícios físicos

Praticar atividades físicas é outra saída para relaxar o corpo e ocupar a mente. Escolha o exercício de que você mais gosta e coloque em prática.

Divirta-se durante a semana

Ter uma programação de diversão durante os dias de trabalho geralmente facilita a aceitação do retorno à rotina. Tire pelo menos um dia da semana para aproveitar, nem que seja apenas por uma hora.

 

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Um jipe espacial detectou metano em Marte e uma equipe correu para investigar se existe vida no planeta
Bolsonaro criticou a ideia de reeleição nas presidências do Congresso
Deixe seu comentário
Pode te interessar