Últimas Notícias > Capa – Magazine > Wanessa Camargo afirma ter planos com Sandy para engrenar a ‘parceria do século’

Neymar exige mais de 150 milhões de reais em salário por temporada

A Juventus chegou a demonstrar interesse pelo atleta brasileiro, mas parece ter desistido do negócio. (Reprodução/Instagram)

Neymar segue como o principal nome na janela de transferências da Europa. Nesta sexta-feira (23), o PSG (Paris Saint-Germain) teria imposto uma data-limite ao Barcelona para realizar uma nova oferta para contratar o craque brasileiro.

De acordo com a imprensa espanhola, o brasileiro quer um alto salário caso mude de time. Conforme informado pela mídia, Neymar teria pedido um salário de mais de R$ 160 milhões por ano e um contrato de cinco temporadas.

Barcelona e Real Madrid são os clubes que ainda brigam pela contratação do atacante, de 27 anos, que já deixou claro o desejo de deixar o Paris Saint-Germain. A Juventus chegou a demonstrar interesse pelo atleta, mas parece ter desistido do negócio.

Nesta sexta, a rádio espanhola RAC1 informou que Neymar teria feito uma reclamação com os jogadores do Barcelona pelo preço baixo oferecido pelos catalães aos franceses. A janela de transferências na Europa se encerra no dia 2 de setembro, e a possibilidade de Neymar seguir no PSG ainda não é descartada pela mídia internacional.

Cristiano Ronaldo e Messi

Cristiano Ronaldo falou sobre a “saudável” rivalidade que mantém durante anos com Lionel Messi e fez elogios ao craque argentino do Barcelona, em uma entrevista transmitida pela televisão portuguesa.

“Eu admiro muito a carreira que ele tem feito e ele já disse publicamente que teve pena de eu deixar a Liga Espanhola. Porque era uma rivalidade de que ele gostava”, comentou o astro português à rede TVI.

“É uma boa rivalidade, que existe no futebol, mas que não é uma exceção. Michael Jordan teve rivais no basquete, Ayrton Senna e Alain Prost eram grandes rivais na Fórmula 1. O único ponto em comum de todas as grandes rivalidades do esporte é que são saudáveis”, acrescentou o jogador da Juventus.

Para CR7, ter Messi como grande adversário durante sua fase no Real Madrid o ajudou a superar a si mesmo. “Não tenho a menor dúvida de que ele me faz melhor jogador e eu o faço melhor. Quando eu ganho troféus, isso deve irritá-lo e acontece o mesmo comigo quando ele os conquista”, afirmou o cinco vezes Bola de Ouro.

Perguntado sobre a sua relação com o argentino fora de campo, Cristiano Ronaldo destacou o respeito mútuo entre os dois. “Tenho uma relação profissional excelente com Messi porque há 15 anos que compartilhamos os mesmos momentos. Nunca fui jantar com ele, mas por que não no futuro? Não teria nenhum problema”, declarou o craque.

Deixe seu comentário: