Últimas Notícias > Notícias > Política > Rede de academias já conta oito clientes presos na Operação Lava-Jato

Boxeadora beija oponente na boca em encarada e leva tapa

A "beijoqueira" defendeu, com vitória por pontos, o título de campeã peso pena da WBO. (Foto: Reprodução)

A tradicional encarada antes da luta de boxe entre Ewa Brodnicka e Edith Soledad Matthysse terminou com tapa e beijo. Na verdade, na ordem, beijo e tapa.

A polonesa Brodnicka, de 35 anos, deu um beijo na boca da argentina Matthysse, de 39, e recebeu o troco imediatamente: um tapa da cara. A turma do deixa-disso interveio e os ânimos foram contidos.

A “beijoqueira” defendeu, com vitória por pontos, o título de campeã peso pena da WBO (Organização Mundial de Boxe) na última sexta-feira (4) na cidade de Czestochowa (Polônia).

Mundial de boxe

O Brasil conquistou nesta sexta-feira uma medalha no Mundial de boxe da Aiba, o boxe olímpico. Foi um bronze com Hebert Conceição, que luta na categoria até 75kg. Único brasileiro a sair com um pódio do campeonato, ele encarou uma pedreira na busca pela classificação para a decisão. Na semifinal, encontrou o russo Gleb Bakshi e perdeu. Os jurados apontaram vantagem para o boxeador da casa por 4 a 1 (30 a 27, 30 a 27, 29 a 28, 29 a 28 e 28 a 29).

O atleta da Rússia bateu nas quartas o cubano Arlen López, que ganhou do brasileiro na decisão dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. Cabeça de chave do Mundial, Hebert já começou a disputa na segunda rodada e passou pelo alemão Andrej Mersljakov (3 a 2 nos pontos).

Também teve uma vitória apertada por 3 a 2 nas oitavas sobre o uzbeque Fanat Kakhramonov. Na luta que garantiu sua vaga na semi, por outro lado, Hebert foi dominante e venceu Salvatore por 4 a 1. O narrador se atrapalhou e anunciou vitória de Cuba na luta, mas Hebert sabia que a vitória era dele, era do Brasil, e pôde fazer uma dancinha para celebrar o pódio garantido.