Sábado, 12 de Junho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fair

Futebol Após derrota para o Palmeiras, Corinthians demite o técnico Vagner Mancini

Compartilhe esta notícia:

O contrato de Mancini com o Corinthians era válido até o fim do ano e não tinha multa rescisória. (Foto: Agência Corinthians)

Vagner Mancini não é mais técnico do Corinthians. Ele foi demitido neste domingo (16) depois da derrota para o Palmeiras por 2 a 0, na Neo Química Arena, na semifinal do Campeonato Paulista.

Mancini já vinha pressionado após a goleada por 4 a 0 sofrida para o Peñarol-URU, na última quinta-feira (13), pela Copa Sul-Americana. Mesmo ainda tem dois jogos na fase de grupos do torneio, o Corinthians já não tem mais chances de classificação.

A demissão do treinador foi anunciada em pronunciamento realizado pelo presidente do clube, Duilio Monteiro Alves, cerca de uma hora depois da partida:

“Triste pelo resultado, por termos ficado fora de mais uma final. Queria aqui comunicar a mudança de comissão técnica, a saída do treinador Vagner Mancini e agradecer muito o seu trabalho, dedicação, junto ao Anderson Batatais e ao Claudio (Andrade, analista). Futebol muitas vezes nos obriga a fazer mudanças. Entendemos que neste momento o Corinthians precisa seguir e mudar sua comissão técnica. Nos próximos dias, depois de conversar com toda a diretoria, a gente anunciará o novo comandante”, disse o dirigente.

Desde outubro de 2020 no Timão, o treinador comandou a equipe em 45 jogos, com 20 vitórias, 13 empates e 11 derrotas, aproveitamento de 54%.

O contrato de Mancini com o Corinthians era válido até o fim do ano e não tinha multa rescisória.

O treinador assumiu o Corinthians em situação complicada, na zona de rebaixamento do Brasileirão, e conseguiu conduzir a equipe para uma reação, mas não obteve vaga na Copa Libertadores. O Timão terminou a competição no 12º lugar.

Mancini enfrentou outros períodos de contestações, como quando foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil para o América-MG ou após a goleada por 4 a 0 sofrida para o Palmeiras, em janeiro. No mês passado também foi alvo de protestos de torcedores organizados do Timão.

Eliminado do Paulistão, o Corinthians volta a campo na quinta-feira, contra o Sport Huancayo-PER, em casa.

Ainda não está definido quem comandará a equipe enquanto um novo técnico não é definido. Danilo, treinador do sub-23, e Tarcisio Pugliesi, do sub-20, são algumas das opções.

Protestos

Torcedores do Corinthians protestaram do lado de fora da Neo Química Arena, após a derrota por 2 a 0 para o rival Palmeiras, na semifinal do Campeonato Paulista, neste domingo.

Cerca de 200 torcedores se uniram próximo ao portão por onde saem os ônibus das equipes e entoaram alguns cantos.

A Polícia Militar utilizou jatos de água e bombas de efeito moral para dispensar a aglomeração. Os torcedores responderam com rojões.

Alguns jogadores do Corinthians, que chegaram ao estádio no ônibus do clube, deixaram o local em carros para evitar um possível ataque de torcedores. Outros foram embora no ônibus da equipe.

tags: em foco

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Futebol

PSG goleia o Reims e ainda pode chegar ao título francês
Homem é preso após invadir casa de Neymar na França
Deixe seu comentário
Pode te interessar