Domingo, 29 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
29°
Fair

Bem-Estar Cura da Covid-19 é como a de uma gripe em casos simples

Quem apresentar sintomas do novo coronavírus deve procurar atendimento médico

Foto: Reprodução
(Foto: Reprodução)

O mundo espera ansioso enquanto cientistas trabalham na busca de uma vacina e medicamentos para combater a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Mas, na falta de remédio específico ou imunização, o tratamento de quem está doente, sem complicações, é semelhante ao de uma gripe: inclui o uso de analgésicos e antitérmicos, como paracetamol e dipirona, para tratar os sintomas, assim como hidratação e repouso.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) não recomenda automedicação. Na semana passada, a entidade voltou atrás na restrição que havia feito ao uso do anti-inflamatório Ibuprofeno para controlar os sintomas do coronavírus. Entre os medicamentos cujo princípio ativo é o Ibuprofeno, estão o Buscofem, indicado para cólicas menstruais, o Artril, para artrite, e o antitérmico Advil.

Segundo a OMS, 80% dos casos de Covid-19 evoluem sem necessidade de tratamento especial. A organização frisa que antibióticos não devem ser usados para prevenir ou tratar infecção por coronavírus. Os antibióticos funcionam apenas contra bactérias. Esse tipo de medicamento, porém, pode ser utilizado em caso de eventuais infecções decorrentes da doença.

Algumas fake news que circularam na internet falavam que era possível tratar o coronavírus com vitamina C, chá de ervas, “shots” de imunidade, ozonoterapia ou mesmo água quente, informações que não procedem. No Irã, pessoas morreram envenenadas após tomarem álcool puro, acreditando ser essa uma forma de evitar o vírus.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bem-Estar

Novos testes rápidos para o coronavírus que chegarão ao Brasil são produzidos na China e serão aplicados em profissionais da saúde
Começa a campanha nacional de vacinação contra a gripe
Deixe seu comentário
Pode te interessar