Terça-feira, 03 de agosto de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
Fog

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Tecnologia iPhones e iPads antigos recebem atualização; veja o que muda

Compartilhe esta notícia:

Apple vai liberar atualização de segurança para aparelhos que não têm acesso ao iOS 13 ou superior. (Foto: Reprodução)

A Apple liberou uma atualização do iOS para iPhones e iPads que foram aposentados pela própria empresa – eles normalmente não recebem mais updates. As correções já estão disponíveis e contemplam iPhone 5S, iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPod Touch (6ª geração), iPad Air e iPads Mini 2 e 3.

De acordo com a empresa, o iOS 12.5.4 corrige brechas que podem afetar os dispositivos vulneráveis. A atualização de segurança foi uma forma de continuar respaldando mesmo os smartphones e tablets mais antigos, já que eles não têm acesso aos sistemas mais recentes.

A vulnerabilidade presente nos dispositivos da Apple diz respeito às configurações do navegador. Ou seja, ele dispõe de um código aberto que pode dar margem a conteúdos da internet com mecanismos maliciosos. Nesse sentido, as formatações antes da atualização geram uma abertura para que hackers consigam executar comandos por conta dessa brecha.

Como instalar?

É possível que a atualização seja apresentada aos usuários por meio de uma notificação. Mas para aqueles que quiserem checar a disponibilidade direto nas configurações, basta seguir o caminho “Ajustes” → “Geral” → “Atualização de Software”. Se o update estiver disponível, ele aparecerá nessa parte, com a opção “Instalar Agora”. Vale lembrar que é preciso estar conectado ao Wi-Fi para efetuar o processo.

Segurança

Em nota, a empresa da maçã explica que a “Apple está ciente de um relatório de que esse problema pode ter sido explorado ativamente” e a atualização busca corrigir a falha. Outra colocação da fabricante reforça a necessidade de instalar as atualizações como forma de preservar os aparelhos e mantê-los seguros.

Apple Watch

A Apple já trabalha nas próximas gerações do Apple Watch e o relógio inteligente deve apresentar não só uma série de novidades no visual, mas também diversos recursos que foram solicitados pela comunidade.

Segundo uma reportagem da Bloomberg, o Apple Watch Series 7, que é o provável nome do próximo modelo, terá um processador mais rápido, conectividade sem fio aprimorada e uma nova tecnologia de tela.

O display será melhorado graças uma nova técnica de laminação que “traz o painel para mais próximo da cobertura frontal”, mas a redução da espessura não deve ser sentida pelo usuário. Já a melhor conexão será garantida pela função de ultra-wideband, que já está presente nas etiquetas inteligentes AirTags.

E o resto?

Ainda de acordo com a reportagem, novas funções não serão adicionadas na próxima geração. O termômetro, por exemplo, até estava nos planos – mas a implementação foi adiada e agora deve ser feita apenas na versão de 2022.

Já o sensor de glicose, bastante aguardado por quem tem diabetes e doenças relacionadas, dificilmente estará pronto na versão seguinte como foi especulado anteriormente. Ele deve levar “mais alguns anos” para o lançamento comercial.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Anúncios no Google usam sites falsos para negociar e quitar dívidas
Projeto do Linux apoiado pelo Google pode impedir invasões ao Android
Deixe seu comentário
Pode te interessar