Domingo, 12 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Cloudy

Mundo Irã rechaça novas sanções dos Estados Unidos

Compartilhe esta notícia:

Rouhani disse: "Sr. Trump, não brinque com a cauda do leão, isso só levaria ao arrependimento". (Foto: Reprodução)

O Irã disse nesta segunda-feira (18) que as novas sanções impostas pelos Estados Unidos contra o país são “ilegítimas” e prometeu continuar desenvolvendo sua defesa nos marcos de seus compromissos internacionais. No domingo (17), os Estados Unidps anunciaram sanções sobre 11 indivíduos e empresas envolvidos no fornecimento de tecnologia usada em um teste de mísseis balísticos realizado pelo Irã em outubro.

“As sanções dos EUA contra o programa de mísseis balísticos do Irã não têm legitimidade legal ou moral”, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Hossein Jaberi Ansari. A chancelaria iraniana também disse, em comunicado, que “a República Islâmica responderá a essas medidas agravantes e propagandísticas desenvolvendo mais do que nunca seu programa legal de mísseis e suas capacidades de defesa”.

As novas sanções norte-americanas foram anunciadas menos de 24 horas depois de a Casa Branca e a UE (União Europeia) derrubarem sanções bem mais abrangentes, que vinham sufocando a economia iraniana. O fim das sanções coincidiu com uma troca de prisioneiros entre Irã e EUA, e foi anunciada após a Agência Internacional de Energia Atômica declarar que Teerã cumpriu os compromissos assumidos sob o acordo nuclear assinado em julho do ano passado.

Uma fonte diplomática informou que o presidente do Irã, Hasan Rouhani, visitará Itália e França na semana que vem, em sua primeira viagem à Europa desde o levantamento das sanções ocidentais.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Foto que mostra cachorro e dona “chateados” após um banho de chuva vira sensação na internet
Mulher coloca um anúncio à procura de uma pessoa que se fantasie de gato e faça ruídos para que ela durma
Deixe seu comentário
Pode te interessar