Quinta-feira, 26 de maio de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Fog

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil McDonald’s e Burger King esclarecem lanches polêmicos ao Senado brasileiro

Compartilhe esta notícia:

Em carta, rede se defendeu das acusações envolvendo o "McPicanha". (Foto: Reprodução)

Em carta enviada para o Senado Federal, o McDonald’s se defendeu da polêmica envolvendo a composição sanduíche McPicanha e disse que o brasileiro está acostumado a consumidor produtos que “sejam identificados por nomes que remetam ao sabor, ao aroma e a experiência que oferecem”.

A rede suspendeu a comercialização do McPicanha das suas lojas no Brasil depois de ter sido notificada pelo Ministério da Justiça e Procon-SP, que pediram esclarecimentos sobre a falta de picanha em sanduíches.

“O consumidor brasileiro está acostumado a adquirir produtos que sejam identificados por nomes que remetam ao sabor, ao aroma e a experiência que oferecem, e não necessariamente à sua composição”, disse a rede em carta enviada para a Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado Federal.

Na carta, a rede disse que a publicidade do McPicanha deixava claro que se tratava de um hambúrguer de carne 100% bovina, com molho sabor picanha, e que essa informação também foi destacada na embalagem do produto.

“Os materiais publicitários e mídias de divulgação destacaram, assim como a própria nomenclatura, que seriam novos sanduíches, bem como suas especificações e características essenciais, sendo veiculadas informações verdadeiras, corretas e claras quanto à composição dos novos sanduíches – qual seja, hambúrguer de carne 100% bovina, com molho sabor picanha.”

O Senado também recebeu esclarecimentos do Burger King. Na esteira da polêmica envolvendo o McPicanha, a rede foi acusada de vender o sanduíche ‘Whopper Costela’ sem costela na composição.

Nas redes sociais, consumidores chamaram o Whopper Costela de mais um caso de propaganda enganosa e de falta de transparência. O Burger King decidiu renomear o lanche para ‘Whopper Paleta Suína’.

Na carta enviada ao Senado, o Burger King disse que a informação de que o sanduíche tinha sabor, mas não o corte da carne de costela, estava disponível durante todo o tempo da comercialização do produtos.

“A BK, sempre respeitando o seu cliente e o consumidor em geral, e seguindo rigorosamente as orientações que regulamentam o setor alimentício, deixou clara tal circunstância, de forma permanente, ostensiva e por todos os meios de comunicação com o consumidor”, disse a rede.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Viúva tenta reaver milhões de empreiteiro da OAS bloqueados na Justiça
Receita Federal alerta para golpe na restituição do Imposto de Renda
Deixe seu comentário
Pode te interessar