Segunda-feira, 22 de julho de 2024

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Polícia A cultura de luto em Porto Alegre: intérprete de escola de samba é morto a tiros

Compartilhe esta notícia:

Daniel Mença foi atacado no carro em que trabalhava como motorista de aplicativo. (Foto: Pedro Piegas/Arquivo PMPA)

A Polícia Civil investiga o assassinato do motorista de aplicativo Daniel “Doug” Mença, 45 anos. Conhecido desde 2020 como intérprete da escola de samba Unidos da Vila Mapa, da Lomba do Pinheiro (Zona Leste), ele teve o corpo encontrado na noite de terça-feira (25) com pelo menos três tiros, dentro de seu veiculo de trabalho, na mesma região.

O velório está marcado para a manhã desta quinta-feira no Cemitério Jardim da Paz, com sepultamento previsto para as 14h. Daniel deixa a viúva e um filho.

Testemunhas relataram que a vítima havia estacionado um Honda Fit quando três indivíduos se aproximaram e efetuaram os disparos, fugindo a pé logo depois. A motivação do homicídio permanece desconhecida – de acordo com integrantes de seu círculo de familiares, amigos e colegas, Daniel não tinha antecedentes criminais, envolvimento com atividades suspeitas ou desafetos, nem vinha sofrendo algum tipo de ameaça.

A ação foi registrada por câmeras de segurança do local, fato que deve ajudar na apuração do crime. O caso chegou a ser tratado inicialmente como latrocínio, mas a ausência de elementos compatíveis com os de um assalto com morte fez com que a linha investigativa fosse redirecionada para a tese de execução.

“De qualquer forma, nenhuma hipótese esteja descartada até o momento”, salientou à imprensa a titular da 1ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa da Capital (DHPP), Clarissa Demartini. Até o fim da noite dessa quarta-feira, ninguém havia sido preso ou identificado.

Daniel também atuou de forma destacada em grupos de pagode da capital gaúcha, tais como Insano, Medida Exata, Nuance e Doce Desejo. Participou, ainda, da famosa harmonia do grupo formado pelo carnavalesco Cláudio Barulho na década de 1990.

Manifestações

Por meio de nota, a União das Escolas de Samba de Porto Alegre (Uespa) lamentou a perda: “Recebemos com muito pesar a notícia do falecimento. Daniel Mença obteve grande destaque no desfile de 2024, com sua irreverência, talento e voz marcante. Nossos mais sinceros sentimentos a toda família e comunidade da Vila Mapa”.

A Secretaria Municipal de Cultura e Economia Criativa (SMCec) da Capital também se manifestou sobre a morte do sambista: “O Gigante e tarumã Daniel Mença nos deixou na noite de ontem. Que a família sinta o nosso forte abraço de sentimentos e conforto”.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Vai para o exterior nas férias? Veja dicas para economizar
Indicado por Bolsonaro, ministro do Supremo André Mendonça já paralisou julgamento de 31 ações sobre o quebra-quebra em Brasília
https://www.osul.com.br/o-samba-de-luto-em-porto-alegre-interprete-de-escola-de-samba-e-morto-a-tiros/ A cultura de luto em Porto Alegre: intérprete de escola de samba é morto a tiros 2024-06-26
Deixe seu comentário
Pode te interessar