Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Partly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Dicas de O Sul Santander Cultural inaugura primeira exposição com abordagem Queer realizada no Brasil

Compartilhe esta notícia:

Obra de Milton Kurtz. (Foto: Divulgação)

O Santander Cultural abre ao público, nesta quarta-feira (16), a mostra Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira com mais de 270 obras – oriundas de coleções públicas e privadas – que percorrem o período histórico de meados do século 20 até os dias de hoje.

A iniciativa inédita, explora a diversidade de expressão de gênero e a diferença na arte e na cultura em períodos diversos, não cronológicos, e propõe desfazer hierarquias, explica o curador Gaudêncio Fidelis. “A diversidade surge refletida no modelo artístico observada sob aspectos da variedade e da diferença.”

Obra de Nino Cais. (Foto: Divulgação)

De acordo com ele,  a mostra objetiva um diálogo entre as obras e promove o questionamento entre realidade material e conceitual e seus desdobramentos. “Uma exposição queer discute questões relativas à formação do cânone artístico e a constituição da diferença na arte. Para esta plataforma curatorial levei em conta aspectos artísticos, culturais e históricos de cada trabalho.”

Queermuseu busca dar projeção à arte e a cultura por meio de questões artísticas que ultrapassam diversos aspectos da vida contemporânea, na constituição formal dos objetos, nos hábitos, nos costumes, na moda, na diversidade comportamental, geracional e na evolução da estética. Pintura, gravura, fotografia, serigrafia, desenho, colagem, cerâmica, escultura e vídeo são apresentadas por meio de 85 artistas.

Obra de Rogerio Nazari. (Foto: Divulgação)

Para Marcos Madureira, vice-presidente executivo de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander, “a diversidade é um valor para o nosso negócio”. “Acreditamos que o capital humano é o que torna uma organização diversa, com maior probabilidade de inovação e maior chance de se diferenciar no mercado”, acrescenta.

Histórico

A produção artística e cultural queer ganha cada vez mais espaço em importantes instituições culturais internacionais. Alguns exemplos ocorreram em 2010: Hide/Seek: Difference and Desire in American Portraiture realizada pela National Portrait Gallery da instituição Smithsonian, em Washington, apresentou uma produção moderna e contemporânea. Ars Homo Erotica, realizada pelo Museu Nacional da Polônia, em Varsóvia, percorreu um arco histórico da arte grega à contemporaneidade. Recentemente inaugurou na Tate Britan, em Londres, a Queer British Art (1861-1967), com um conjunto de exposições de caráter histórico. Outras iniciativas de pequeno porte foram realizadas ao redor do mundo.

(Queer- O termo foi introduzido na língua inglesa com o sentido de “estranho, peculiar, excêntrico”. É usado para designar pessoas que não seguem o padrão da heterossexualidade ou do binarismo de gênero. Também para representar gays, lésbicas, bissexuais e, frequentemente, também as pessoas transgênero ou transexuais, de forma análoga à sigla LGBT.)

Serviço:

Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira 

Curadoria de Gaudêncio Fidelis

De 16 de agosto até 8 de outubro

Entrada franca

Ter a sábado, das 10h às 19h | Domingos, das 13h às 19h (Não abre feriados)

Santander Cultural (Rua Sete de Setembro, 1028, Centro Histórico, Porto Alegre)

Lista de artistas

Adriana Varejão [Rio de Janeiro-RJ, 1964]
Alair Gomes [Valença-RJ, 1921 – Rio de Janeiro-RJ, 1992]
Alex Cerveny [São Paulo-SP, 1963]
Alfredo Volpi [Itália,1896 – São Paulo-SP,1988]
Almandrade [São Felipe-BA,1953]
Amorim [Curitiba-PR, 1989]
Ana Flores [Porto Alegre-RS, 1962]
Ana Norogrando [Cachoeira do Sul-RS, 1951]
André Petry [Porto Alegre-RS, 1958]
Angelina Agostini [Rio de Janeiro-RJ, 1888-1973]
Antônio Augusto Bueno [Porto Alegre-RS, 1972]
Antônio Caringi [Pelotas-RS, 1905-1981]
Antonio Obá [Ceilândia-DF, 1983]
Armando Queiroz [Belém-PA, 1968]
AVAF [ASSUME VIVID ASTRO FOCUS] [Eli Sudbrack, Rio de Janeiro-RJ, 1968 e Christophe Hamaide-Pierson, Paris-França, 1973]
Beatriz Dagnese [Nova Bassano-RS, 1954]
Bia Leite [Brasília-DF, 1990]
Cândido Portinari [Brodowski-SP, 1903 – Rio de Janeiro-RJ, 1962]
Célio Braga [Guimarânia-MG, 1963]
Christus Nóbrega [João Pessoa – PB, 1976]
Cibele Vieira [Porto Alegre-RS, 1973]
Cibelle Cavalli Bastos [São Paulo-SP, 1978]
Cintia Ribas [Curitiba-PR, 1979]
Clovis Graciano [Araras-SP, 1907 – São Paulo-SP, 1988]
Constance Pinheiro [Curitiba-PR, 1982]
Daniel Lie [São Paulo-SP, 1988]
Danillo Villa [Echaporã-SP, 1969]
Deyson Gilbert [São José do Egito-PE, 1985]
Didonet Thomaz [Bento Gonçalves-RS, 1950]
Dudi Maia Rosa [São Paulo-SP, 1946]
Edgard De Souza [São Paulo-SP, 1962]
Eduardo Cruz [Ilhéus-BA, 1943]
Efigênia Rolim [Abre Campo-MG, 1931]
Efrain Almeida [Boa Viagem-CE, 1964]
Erika Verzutti [São Paulo-SP, 1971]
Fabio Del Re [Porto Alegre-RS, 1970]
Farnese De Andrade [Araguari-MG, 1926 – Rio de Janeiro-RJ, 1996]
Felipe Scandelari [Curitiba-PR, 1981]
Fernando Baril [Porto Alegre-RS, 1948]
Fernando Bini [Rio das Antas-SC, 1946]
Flávio Cerqueira [São Paulo-SP, 1983]
Flávio De Carvalho [Amparo da Barra Mansa-RJ, 1899 – Valinhos-SP, 1973]
Gilberto Perin [Guaporé-RS, 1953]
Gilda Vogt [Rio de Janeiro-RJ, 1953]
Guignard [Nova Friburgo-RJ, 1896 – Belo Horizonte-MG, 1962]
Guttmann Bicho [Petrópolis-RJ, 1888-1955]
Hudinilson Jr [São Paulo-SP, 1957 – 2013]
João Faria Vianna [Porto Alegre-RS, 1905 – 1975]
José Antônio Da Silva [Sales de Oliveira-SP, 1909 – São Paulo-SP, 1996]
Juliana Burigo [Curitiba-PR, 1981]
Kika Costa [Porto Alegre-RS, 1961]
Leandro Machado [Porto Alegre-RS, 1970]
Leonilson [Fortaleza-CE, 1957 – São Paulo-SP, 1993]
Luiz Fernando Borges da Fonseca [Rio de Janeiro-RJ, 1948-1990]
Luiz Henrique Schwanke [Joinville-SC, 1951 – 1992]
Lygia Clark [Belo Horizonte-MG, 1920 – Rio de Janeiro-RJ, 1988]
Marcos Chaves [Rio de Janeiro-RJ, 1961]
Mário Röhnelt [Pelotas-RS, 1950]
Maurício Bentes [Rio de Janeiro-RJ, 1958 – 2003]
Maurício Ianês [Santos-SP, 1973]
Milton Kurtz [Santa Maria-RS, 1951 – Porto Alegre-RS, 1996]
Montez Magno [Timbaúba-PE, 1934]
Nelson Boeira Faedrich [Porto Alegre-RS, 1912-1994]
Nino Cais [São Paulo-SP, 1969]
Odires Mlászho [Mandirituba-PR, 1960]
Otto Sulzbach [Palmeira das Missões-RS, 1969]
Paloma Bosquê [Garça-SP, 1982]
Paulo Osir [São Paulo-SP, 1890-1959]
Pedro Américo [Areia-PB, 1843 – Florença, Itália, 1905]
Roberto Cidade [Caçapava do Sul-RS, 1939 – Torres-RS, 2011]
Roberto Winter [São Paulo-SP, 1983]
Rodolpho Parigi [São Paulo-SP, 1977]
Rogério Nazari [Araranguá-SC, 1951]
Romanita Disconzi [Santiago-RS, 1940]
Sandra Cinto [Santo André-SP, 1968]
Sandro Ka [Porto Alegre-RS, 1981]
Sidney Amaral [São Paulo-SP, 1973-2017]
Silvia Giordani [Porto Alegre-RS, 1970]
Suzana Lobo [Curitiba-PR, 1944]
Telmo Lanes [Porto Alegre-RS, 1955]
Téti Waldraff [Sinimbú-RS, 1959]
Thiago Martins De Melo [São Luís-MA, 1981]
Tony Camargo [Paula Freitas-PR, 1979]
Willian Santos [Curitiba-PR, 1985]
Yuri Firmeza [São Paulo-SP, 1982]

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Dicas de O Sul

Booker fará discotecagem no Red Carpet Weekend em Gramado e seleção de modelos durante Festival de Cinema
Comissão conclui votação de relatório e aprova “distritão” e fundo eleitoral
Deixe seu comentário
Pode te interessar