Quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Economia União volta a bloquear contas do Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

Mesmo com a medida, governo estadual garante manutenção do calendário de pagamento dos servidores. Foto: Jackson Ciceri/ O Sul

O Governo Federal voltou a bloquear as contas do Rio Grande do Sul em função do atraso no pagamento da dívida com a União. A ação foi anunciada pela Secretaria Nacional do Tesouro em comunicado enviado ao Banrisul nesta terça-feira (1º), um dia após o vencimento da parcela de R$ 265,4 milhões.

O Palácio Piratini ressalta que, mesmo com as restrições na gerência de seus próprios recursos até quitar a parcela da dívida, o governo gaúcho manterá o calendário de pagamento dos salários dos servidores do Poder Executivo, conforme anunciado na segunda-feira (31). As datas foram programadas já considerando a possibilidade de bloqueio das contas, fosse imediata ou durante o mês.

A Secretaria da Fazenda estadual projeta que a parcela de R$ 800,00 prevista para o dia 11 será concretizada graças ao ingresso da arrecadação de ICMS mais uma possível retenção de recursos federais (FPE e Lei Kandir), na ordem de R$ 100 milhões. Isto possibilitará também alcançar o valor da parcela da dívida em atraso.

Ação cautelar contra bloqueio das contas

No final de agosto o governador José Ivo Sartori anunciou que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) ingressou com Ação Cautelar no Supremo Tribunal Federal (STF) para anular a cláusula do contrato da dívida do Estado com a União que determina o bloqueio das contas do Rio Grande do Sul em caso de atraso de pagamento da parcela que vence ao final de cada mês.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Comissão de Ética da Assembleia Legislativa aprova cassação de deputado estadual
Rede pública de saúde da Capital não distribuirá medicamentos para moradores do interior
Deixe seu comentário
Pode te interessar