Sábado, 31 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Mostly Cloudy

Tecnologia Bolinha do novo iOS confunde os usuários no iPhone; entenda

Compartilhe esta notícia:

O iOS 14 foi lançado na última semana. (Foto: Reprodução)

O iOS 14 foi lançado na última semana e, desde então, usuários da versão mais recente do sistema operacional da Apple foram ao Twitter, intrigados com o significado das bolinhas verde e laranja na tela do iPhone. Os indicadores na barra de status, próximos ao ícone de bateria, são na verdade recursos de segurança do novo iOS, lançado na WWDC deste ano, e aparecem quando algum aplicativo tem acesso à câmera e ao microfone do celular.

Alguns tuítes mostram usuários confusos com o recurso, sem compreender bem a nova ferramenta e para que ela serve. Já no Google, muitos perguntaram como colocar a bolinha no iPhone ou até mesmo como tirá-la. De acordo com o Google Trends, plataforma que reúne dados de pesquisas no buscador, termos como “como tirar a bolinha do iphone” e “como colocar a bolinha no iphone” estão em ascensão desde a última semana.

A indicação dos pontos coloridos no iOS 14 foi pensada para proteger a privacidade de usuários, atribuindo as bolinhas verde e laranja para revelar ações de alguns aplicativos. Ou seja, se o usuário tem algum app que acessa frequentemente o microfone, mesmo quando está funcionando em segundo plano, é possível descobri-lo com o recurso e, se for uma aplicação suspeita, pode reportá-la ou simplesmente excluí-la do iPhone.

No iOS 14, a bolinha laranja na barra de status aparece para indicar que um aplicativo está acessando o microfone do smartphone. Já o ponto verde mostra que o app está utilizando a câmera do iPhone e, consequentemente, pode acessar o microfone também. Espera-se que recurso seja ativado com atividades comuns, como ao usar a câmera do celular para gravar um vídeo e tirar uma selfie ou, ainda, ao enviar uma mensagem de voz pelo WhatsApp e iniciar uma chamada de vídeo no Zoom.

No geral, a ferramenta é uma boa aliada para descobrir se há apps espionando usuários, já que ela auxilia a identificar aplicativos suspeitos no iPhone. É possível verificar qual app está acessando as funções de câmera e microfone pela Central de Notificações, assim que o ponto colorido aparece ou mesmo após sumir da barra de status.

Como se proteger de um app “espião”?

Caso note atividade suspeita de um aplicativo que não deveria acessar as ferramentas de fotos ou áudio, é interessante reportar a ação para o desenvolvedor, já que ela pode ser proveniente de um bug ou falha no serviço. Você também pode esperar pela atualização do aplicativo para confirmar se o problema já foi corrigido e, também, desabilitar e revogar as permissões de acesso do app ou desinstalá-lo do iPhone.

Mais novidades de privacidade

O novo sistema da Apple chega com uma série de recursos visando maior privacidade de segurança de usuários. Dentre eles estão as localizações aproximadas, para evitar que desenvolvedores tenham acesso ao GPS de usuários sem seu consentimento, e o envio de alertas capazes de mostrar quando um app acessa a câmera, microfone e a área de transferência do iPhone. Além disso, a App Store também mudou e traz ainda mais informações sobre as práticas de privacidade dos aplicativos antes que o usuário os baixe no celular.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

O Facebook testa recurso para remover imagens com direitos autorais
O WhatsApp terá uma função para enviar fotos e vídeos que se autodestroem em segundos
Deixe seu comentário
Pode te interessar