Segunda-feira, 10 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy / Wind

Inter Dourado fala sobre jogar como zagueiro e revela conversa com Miguel Ángel Ramírez

Compartilhe esta notícia:

Jogador foi utilizado como zagueiro improvisado na goleada em cima do Esportivo

Foto: Ricardo Duarte/S.C.Internacional

Apesar de jogar como volante na equipe de Miguel Ángel Ramírez, Rodrigo Dourado apareceu como zagueiro improvisado na goleada em cima do Esportivo, na última atuação do elenco colorado pelo campeonato estadual. O jogador, no entanto, já deixou claro ao técnico que não pretende assumir a função, a não ser que seja por uma necessidade excepcional. Após o treino desta sexta-feira (30), e às vésperas do primeiro jogo da semifinal do Campeonato Gaúcho, o capitão da equipe colorada, concedeu entrevista coletiva e falou sobre o assunto.

Confira os principais pontos da entrevista:

CONVERSA COM RAMIREZ SOBRE JOGAR COMO VOLANTE
“Foi logo no início do trabalho que ele achou que não tinha muitos zagueiro à disposição dele e perguntou se eu poderia fazer. Eu não tinha jogado nenhum jogo de volante ainda, não tinha mostrado o que eu poderia render de volante. Então, depois que comecei a jogar de volante acho que ele esqueceu um pouco dessa ideia de eu jogar como zagueiro, mas estou à disposição. Qualquer necessidade que o grupo e o time precise, tanto para mim.”

JOGAR COMO ZAGUEIRO
“O professor já havia falado comigo no início do trabalho que ele pensaria em me colocar como zagueiro, mas falei para ele “só se precisasse”, no caso, como precisou no jogo contra o Esportivo. Eu ainda me sinto muito bem como volante, tenho capacidade de fazer a função que ele quer, mas em qualquer momento se precisar jogar de zagueiro eu estou à disposição. Às vezes acabo treinando de zagueiro por necessidade. Mas hoje me sinto mais volante, quem sabe mais para frente posso recuar como zagueiro, sim.”

ADAPTAÇÃO COMO VOLANTE COMO RAMIREZ
“Já fazia bastante isso nas categorias de base. Sempre tentamos propor o jogo com muito treino de posse de bola. Claro, cada treinador tem sua forma de jogar mas nós vamos nos adaptando com o que o professor gosta de fazer. O professor Ramirez é um modo diferente e o que ele pede eu tento fazer nos treinos para repetir nos jogos. Tenho características mais defensivas mas me sinto um volante completo e o que ele precisa eu venho desempenhando nos treinos e nos jogos.”

PROJETANDO JOGO CONTRA O JUVENTUDE
“Jogo difícil. Equipe do Juventude é muito qualificado. Eles jogam em um campo diferente, não sabemos quais as condições que o campo irá nos apresentar. Então, temos que ir preparado para qualquer coisa. O professor hoje nos falou a forma de jogar do time adversário, temos mais dois dias para nos preparar e conseguir um bom resultado lá em Bento.”

CONQUISTAR O GAUCHÃO
“A gente sabe que faz um tempo que não ganhamos o Gauchão, estavamos acostumados a ganhar nos últimos anos. A gente sempre bate nessa tecla antes dos jogos, nas nossas conversas, que o Gauchão é importante e precisamos ganhar esse ano. Acho que temos um bom elenco, grupo, time para brigar pelo título e é isso que viemos fazendo dede o início do campeonato. A gente espera chegar muito forte nessa fase final, sabemos que tem a Libertadores no meio do caminho, mas nós nos preparamos no início para chegar nessa carga e suportar bem. Estamos bem preparados para o Gauchão e para Libertadores.”

VERSATILIDADE DE DOURADO
“Sou um volante que tem a parte defensiva como prioridade mas sei sair jogando, fazer tudo com a bola no pé. Me sinto muito bem com isso, nos treinos eu osu o cara que mais toca na bola, sempre passa por mim. Cada dia vou evoluindo mais ainda. Fico feliz de estar bem individualmente, não só nos últimos jogos. Me sinto bem fisicamente, não sinto dores faz um bom tempo e isso me ajuda muito. Espero crescer a cada dia, não só individualmente mas com o grupo também. O coletivo está saindo pouco à pouco, vemos melhor todos os dias nos treinos, nos jogos. O trabalho está sendo bem feito e esperamos concretizar com o título do Campeonato Gaúcho e a classificação na Copa Libertadores que é o nosso objetivo principal no momento.”

SE CONVERSARAM DA DECLARAÇÃO PÓS GRENAL E O QUE FAZER PARA “SER FELIZ”
“Isso já passou. O que eu quis fazer ali é que Grenal é muito detalhe e não podemos perder tantos gols no clássico como viemos perdendo. Mas isso já foi conversado internamente. Falando sobre o título gaúcho, sabemos que vai ser difícil, mas viemos nos preparando muito, muito mesmo, para voltar a ser campeão. Antes do Grenal que não acontece ainda, temos antes que focar no Juventude que é uma semifinal muito difícil, nos últimos anos sempre foi difícil jogar contrar eles e nosso foco é total nisso.”

* Por supervisão de: Marjana Vargas

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Inter

A um mês da despedida, saída de Rodinei do Inter se aproxima
Inter está pronto para o duelo deste domingo contra o Juventude nas semifinais do Campeonato Gauchão
Deixe seu comentário
Pode te interessar