Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Porto Alegre

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui


Polícia Empresa de caminhão-pipa que vendia água do sistema público é autuada em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Notas fiscais também confirmaram a cobrança de preço abusivo

Foto: Divulgação
Notas fiscais também confirmaram a cobrança de preço abusivo. (Foto: Divulgação)

Uma empresa de caminhão-pipa que estava coletando água do sistema público de Porto Alegre e revendendo para condomínios residenciais foi autuada na terça-feira (21) pela força-tarefa coordenada pelo MP (Ministério Público) do Rio Grande do Sul, em parceria com o Procon Estadual, Procon da Capital e Delegacia de Polícia do Consumidor.

Notas fiscais também confirmaram a cobrança de preço abusivo. Antes da enchente, uma carga de 10 mil litros de água era vendida a R$ 2,1 mil. Neste momento de calamidade pública, em que diversos bairros de Porto Alegre tiveram o fornecimento de água interrompido por problemas nas estações do Dmae, o valor cobrado pelo mesmo volume chegou a R$ 4 mil.

O promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, da Promotoria de Defesa do Consumidor de Porto Alegre, informou que a empresa será investigada nas esferas criminal e cível. O nome dela não foi divulgado.

Os caminhões-pipas que atuam de forma regular são abastecidos a partir de aquíferos –formações rochosas subterrâneas capazes de armazenar água –, explorados a partir da construção de poços artesianos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Base Aérea de Canoas terá cinco voos comerciais diários a partir da próxima semana
Nível das águas do Guaíba fica abaixo de 4 metros pela primeira vez desde o dia 3 deste mês
https://www.osul.com.br/empresa-de-caminhao-pipa-que-vendia-agua-do-sistema-publico-e-autuada-em-porto-alegre/ Empresa de caminhão-pipa que vendia água do sistema público é autuada em Porto Alegre 2024-05-22
Deixe seu comentário
Pode te interessar