Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

Mundo Lisboa impõe horário para comércio e lei seca a partir de 20h para conter o surto de coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Várias medidas de contenção destinadas a coibir a disseminação do novo coronavírus serão restabelecidas na região de Lisboa a partir desta terça-feira

Foto: Reprodução
Várias medidas de contenção destinadas a coibir a disseminação do novo coronavírus serão restabelecidas na região de Lisboa a partir desta terça-feira. (Foto: Reprodução)

Várias medidas de contenção destinadas a coibir a disseminação do novo coronavírus serão restabelecidas na região de Lisboa a partir desta terça-feira (23). O objetivo é controlar surtos de contágio, anunciou o primeiro-ministro português, Antonio Costa.

Entre essas medidas estão a proibição de reuniões de mais de dez pessoas na capital, enquanto o limite foi ampliado para 20 pessoas no resto do país. O fechamento de cafés e lojas se torna obrigatório a partir das 20 horas, e os restaurantes não estão mais autorizados a servir bebidas depois dessa hora.

O esforço é para frear a Covid-19, após uma alta de novos casos de contaminação em certos distritos da capital. “Certas medidas serão aplicadas transversalmente em toda a região metropolitana de Lisboa”, disse o chefe de governo em uma entrevista coletiva, após uma reunião com os prefeitos dos cinco municípios mais afetados.

“O problema está localizado em 15 distritos desses municípios”, acrescentou, dizendo que as novas regras e sua aplicação geográfica seriam detalhadas durante um conselho ministerial extraordinário.

De acordo com dados oficiais compilados pela mídia local, entre 21 de maio e 21 de junho, Portugal registrou 9.221 novos casos de Covid-19, 85% dos quais foram detectados nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo. Cerca de metade dos novos casos foi notificada nos municípios de Lisboa, Sintra, Odivelas, Loures e Amadora.

“A região de Lisboa continua a atrair nossa atenção e nossos esforços”, disse o secretário de Saúde, Antonio Lacerda Sales. “São pequenos focos, mas, como no caso dos incêndios, devemos responder com os meios necessários para impedir a sua propagação”, afirmou.

Relativamente poupado da pandemia de Covid-19 graças a medidas de contenção tomadas de maneira precoce, Portugal soma um total de 1.534 mortes e 39.392 casos confirmados. O número de pessoas consideradas curadas é de 25.548.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Cachorros são treinados para sentir o cheiro do coronavírus em pessoas assintomáticas
Senado deve votar nesta terça-feira proposta que adia as eleições municipais
Deixe seu comentário
Pode te interessar