Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Mostly Cloudy

Rio Grande do Sul Mapa do Distanciamento Controlado fica com 14 regiões em bandeira vermelha

Compartilhe esta notícia:

Mapa válido para o período de 18 a 24 de agosto.

Foto: Reprodução/YouTube
Mapa válido para o período de 18 a 24 de agosto. (Foto: Reprodução/YouTube)

O governador Eduardo Leite divulgou nesta segunda-feira (17) o mapa atualizado do Distanciamento Controlado no Rio Grande do Sul, após os 28 pedidos de reconsideração por parte de municípios e associações regionais enviados no domingo (16). Ao todo, estão em bandeira vermelha 14 regiões. Divulgado na sexta-feira (14), o levantamento apontava 16 regiões com bandeira vermelha (alto risco) e cinco com laranja (risco médio). Não houve pedido de bandeira laranja para amarela – todas as solicitações são de regiões preliminarmente em vermelho que pedem a permanência em bandeira laranja. Do total, nove vieram dos municípios e 19 das associações regionais. O novo mapa vale de 18 a 24 de agosto.

Regiões e bandeiras

As regiões que em comparação à semana anterior tiveram aumento de risco, passando de bandeira laranja para vermelha, foram: Uruguaiana, Guaíba, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí e Santa Rosa. Erechim diminuiu o risco de vermelha para laranja. Além disso, permanecem em bandeira vermelha oito regiões: Capão da Canoa, Porto Alegre, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Pelotas.

Alteração nos protocolos

Além da divulgação das bandeiras por região, o governo também divulgou uma alteração nos protocolos segmentados, em especial no que diz respeito à indústria, a missas e serviços religiosos  e a competições esportivas e treinos de atletas profissionais.

Segundo o governo, a indústria de derivados de petróleo, químicos e borracha e plástico terão ampliação do teto de operação na bandeira preta.

Missas e serviços religiosos tiveram uma adequação na bandeira vermelha para no máximo 30 pessoas ou o máximo de 10% da capacidade de público.

Também ficam permitidas, nas bandeiras amarela e laranja, as competições esportivas e treinos de atletas profissionais, mediante aprovação do município sede e do atendimento da Nota Informativa 18 COE/SES-RS e demais protocolos obrigatórios do distanciamento controlado.

Volta às aulas

O governador voltou a abordar o tema da volta às aulas. De acordo com Leite, não é questão de se dobrar a pressões, mas de que o retorno às atividades acaba demandando também a necessidade de que as escolas também possam voltar a receber crianças, em especial na Educação Infantil. O tema é polêmico e há grupos de pais e professores contra o retorno.

Na quinta-feira (13), o governador Eduardo Leite afirmou que a retomada das atividades nas salas de aula só ocorrerá se houver “consenso” entre prefeitos e especialistas das áreas da saúde e da educação. “Não arriscaremos um retorno precipitado”, garantiu na ocasião.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Dario Messer, o “doleiro dos doleiros”, é condenado a mais de 13 anos de prisão
Rio Grande do Sul registra 55 novas mortes por coronavírus e 269 casos novos
Deixe seu comentário
Pode te interessar