Sábado, 30 de Maio de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Fair

Bem-Estar Ministério da Saúde divulga nova versão do documento que recomenda o uso da cloroquina

Compartilhe esta notícia:

Uso da cloroquina é defendido pelo presidente Jair Bolsonaro

Foto: Reprodução
Uso da cloroquina é defendido pelo presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Reprodução)

O Ministério da Saúde divulgou uma nova versão do documento técnico no qual recomenda que médicos receitem a cloroquina e a hidroxicloroquina mesmo em casos leves de Covid-19.

O documento foi atualizado na quinta-feira (21) com alterações no título, teve nove referências bibliográficas excluídas, mudou a forma como o parecer do CFM (Conselho Federal de Medicina) é citado e também incluiu as assinaturas de funcionários da pasta – antes, nenhum responsável pelo documento foi apresentado.

Veja abaixo as principais alterações:

  • Mudança no título: O Ministério da Saúde optou por trocar a palavra “tratamento” por “manuseio” no título do documento
  • Recomendações do CFM: O documento anterior dizia que o Conselho Federal de Medicina autorizava o uso de cloroquina. A nova versão traz ressalvas à recomendação
  • Quantidade indicada: Houve uma mudança na recomendação da forma de cloroquina e em qual quantidade ela poderia ser administrada
  • Referências: Após a revisão, o documento passou de 76 para 67 referências bibliográficas
  • Assinaturas: Sete funcionários do Ministério da Saúde passam a assinar as orientações

Confira aqui as orientações do Ministério da Saúde.

(Foto: Ministério da Saúde)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bem-Estar

Norte, interior do Nordeste e norte do Centro-Oeste são as regiões mais desassistidas em leitos de UTI no Brasil
Contrário ao uso da cloroquina para tratar a Covid-19, secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde deixa o cargo
Deixe seu comentário
Pode te interessar