Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Thunder

Esporte No primeiro jogo das oitavas da Libertadores, o Inter foi derrotado por 1 a 0 pelo Boca Juniors

Compartilhe esta notícia:

O Inter largou em desvantagem na busca por uma das vagas das quartas de final da Libertadores. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O Inter perdeu para o Boca Juniors por 1 a 0, em pleno Beira-Rio, nesta quarta-feira (2), pelo jogo de ida das oitavas da Libertadores. Agora, no próximo duelo, no dia 9, o Colorado terá que buscar um triunfo por dois gols de diferença se quiser se classificar, ou também uma vitória com uma vantagem mínima, desde que marque ao menos duas vezes em Buenos Aires.

O único gol da partida foi marcado por um velho conhecido dos brasileiros: Carlitos Tévez, que jogou entre 2005 e 2006 no Corinthians.

Primeiro tempo

Em campo, os times fizeram um primeiro tempo sem muita inspiração, e as chances de gol claras foram raras.

A bola rolava com dificuldade pelo gramado molhado em razão de um temporal que atingiu a capital gaúcha momentos antes do jogo, e o Boca encontrava problemas para chegar perto do gol colorado.

No entanto, aos 12 minutos, o time argentino tentou, Cardona cobrou escanteio na área. Lindoso cortou. O rebote ficou com Campuzano, mas Moledo cortou.

Em um lance incrível, Yuri Alberto tocou para Galhardo, que cruzou rasteiro. Sem ninguém na área, Andrada defendeu.

Aos 17 minutos, quem novamente chegou ao ataque foi o Inter. D’Alessandro tocou para Lindoso, que cruzou. Andrada encostou. A bola sobrou na esquerda com Uendel. O lateral colocou na cabeça de Galhardo, que errou o alvo.

Logo depois, ainda dando pressão ao adversário argentino, aos 19 minutos, D’Alessadro abriu para Heitor, que cruzou. Galhardo tentou a bicicleta, mas a arbitragem marcou jogada perigosa em cima de Lisandro López. Aos 25, erro colorado. Dourado toca para Patrick, que não domina. Capaldo manda a bola para frente. Villa aposta corrida com Moledo, que dá um carrinho e leva a melhor.

Segundo tempo

Na etapa final, todavia, o Boca retornou melhor e, aos 17 minutos, conseguiu abrir o placar.

Após a zaga do Inter tentar sair jogando de maneira desastrada, Salvio fez uma jogadaça e rolou para Tévez. O craque girou em cima da marcação e chutou para o fundo das redes.

Na comemoração, o Apache tirou a camisa e mostrou que estava usando um uniforme retrô do Boca Juniors com o número 10 para homenagear Diego Armando Maradona, falecido na última semana, aos 60 anos.

Tévez e Maradona sempre foram muito próximos e tinham uma relação praticamente de “pai e filho”. O atacante, inclusive, sentiu tanto o falecimento do amigo que nem jogou pelo Campeonato Argentino, no último final de semana.

Após o gol, a pressão argentina aumentou. Aos 23 minutos, Cardona cobrou falta perigosa perto da área colorada, mas Lomba tirou de soco. Aos 31 minutos, os argentinos tentaram novamente. Tévez recebeu na intermediária, avançou e chutou de canhota. A bola saiu perto do gol de Lomba.

Na melhor chance colorada na partida, já nos minutos finais, Patrick recebeu em boa condição na grande área, mas bateu torto e perdeu ótima oportunidade.

Também nos instantes finais da partida, Leandro Fernández teve uma chance na bola parada, mas acertou a trave.

Ficha técnica

Internacional: Marcelo Lomba, Heitor, Rodrigo Moledo, Zé Gabriel, Uendel, Rodrigo Lindoso (Nonato), Rodrigo Dourado, Patrick, D’Alessandro (Maurício), Thiago Galhardo, Yuri Alberto (Leandro Fernández). Técnico: Abel Braga.

Boca Juniors: Andrada, Buffarini, Lisandro López, Izquierdoz, Fabra, Capaldo, Campuzano, Cardona (Jara), Salvio (Maroni), Villa, Tévez (Soldano) Técnico: Miguel Ángel Russo.

Arbitragem: Esteban Ostojich (Uruguai), auxiliado por Richard Trinidad e Carlos Barreiro (Uruguai). VAR (árbitro de vídeo): Nicolas Gallo (Colômbia).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Internacional enfrenta o Boca Juniors pela Libertadores da América; acompanhe
No Beira-Rio, Inter perde por 1 a 0 para o Boca Juniors
Deixe seu comentário
Pode te interessar