Sábado, 25 de junho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Esporte O Paraguai quer se juntar a Argentina e ao Uruguai para sediar a Copa de 2030

Compartilhe esta notícia:

Os craques Luis Suárez, do Uruguai, e Lionel Messi, da Argentina, fizeram campanha pela Copa 2030 última rodada das eliminatórias sul-americanas. (Foto: Reprodução)

O presidente do Paraguai, Horacio Cartes, se reunirá na quarta-feira em Buenos Aires com os governantes da Argentina, Mauricio Macri, e do Uruguai, Tabaré Vázquez, e também com o presidente da Fifa, Gianni Infantino, para analisar a candidatura conjunta dos países como sede da Copa do Mundo de 2030.

No final de agosto, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, anunciou pelo Twitter que Paraguai, Uruguai e Argentina formariam uma candidatura conjunta por causa do centenário do torneio, cuja primeira edição foi disputada em território uruguaio, em 1930, cuja final foi justamente entre Uruguai e Argentina. A seleção anfitriã bateu os argentinos por 4 a 2.

No entanto, o presidente uruguaio disse no mês passado que, por enquanto, apenas Argentina e Uruguai se propuseram a sediar a Copa do Mundo de 2030.

Desde então as conversas ficaram paralisadas. A declaração do presidente do Uruguai foi vista como um “aborrecimento” com o fato de o Paraguai ter falado da sua intenção de se juntar a Argentina e Uruguai sem consulta prévia.

Uma comissão foi formada por Argentina e Uruguai em 2011 e os políticos dos dois países se reúnem periodicamente nas capitais dos países para avançar na ideia de apresentar uma candidatura oficial à Fifa.

Durante a última rodada das eliminatórias sul-americanas, Argentina e Uruguai chegaram a fazer campanha pela candidatura com os craques Lionel Messi e Luis Suárez.

Paraguai
O presidente paraguaio, Horácio Cartes, revelou via Twitter, que seu país também tinha interesse na candidatura, o que teria provocado a irritação do uruguaio Tabaré Vázquez.
Houve, inclusive, veiculação de notícias de que o presidente do Uruguai teria avisado ao governo argentino que sairia da corrida pela sede da Copa de 2030 caso o Paraguai também se juntasse ao grupo.
Ao jornal Ovación Digital, o secretário nacional de esportes do Uruguai, Fernando Cáceres, foi bastante taxativo. “Não existe nenhum plano formal do Paraguai para somar-se à iniciativa que liderou o presidente Tabaré Vázquez e não há nada que possa ter mudado a origem da candidatura. Nós seguimos trabalhando sobre Uruguai-Argentina 2030”, disse.

Próximas competições
A Copa do Mundo de 2018 correrá na Rússia, anfitriã da competição pela primeira vez. Será a vigésima primeira edição do evento esportivo, torneio internacional de futebol masculino organizado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA).

A Copa do Mundo de 2022 ocorrerá no Catar, com sete cidades-sede.

Já a disputa para sediar a Copa do Mundo de 2026, que entrará para a história como a primeira a ser disputada por 48 seleções, deverá ficar entre duas candidaturas, cujos países demonstraram interesse em receber os jogos: uma candidatura em conjunto na América do Norte (Canadá, Estados Unidos e México) e outra na África (Marrocos).

Apenas na véspera da abertura da Copa do Mundo da Rússia, em 13 de junho de 2018, no Congresso da FIFA, em Moscou, a entidade decidirá se entrega a realização da Copa do Mundo de 2026 a uma das duas candidaturas ou se abre possibilidade para outros concorrentes.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Com dores no pé depois de receber duas pancadas, Neymar deixou mais cedo o treino da Seleção Brasileira. O time enfrenta a Bolívia nesta quinta-feira
Gaúcha viaja para o Vietnã em busca do título de Miss Grand International e de 40 mil dólares
Deixe seu comentário
Pode te interessar