Sábado, 31 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Esporte ”Precisamos estar sempre demonstrado o trabalho, mostrando o melhor para agradar nossa torcida”, destaca atacante gremista

Compartilhe esta notícia:

Comemoração do atacante Ferreira após marcar o gol do empate em 1 a 1 com o Palmeiras.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Na tarde dessa segunda-feira (21), o atacante gremista, e autor do gol que garantiu o empate do Grêmio contra o Palmeiras, Ferreira, concedeu entrevista coletiva e destacou pontos importantes sobre a sua participação no jogo, o momento tricolor e o que espera desse novo ciclo no clube.

Ele, que teve problemas envolvendo sua renovação e o empresário desde o início desse ano, inicialmente, não assinou a renovação de contrato por não concordar com os termos, então, foi afastado e levou o caso à Justiça. Depois de alguns meses de conflitos, a paz se cedeu e o jogador teve seu contrato renovado. Agora, ganha aos poucos espaço na equipe, entrando e mostrando seu futebol.

Já perguntado sobre como foi a sensação ao marcar o gol, e o que aquilo significava para ele, o jogador respondeu: ”Passou muitas coisas na minha cabeça no momento do gol, fiquei muito feliz. Um filme na minha cabeça sobre tudo que eu passei nesse tempo afastado do grupo, mas isso da tranquilidade e mostra que o Renato tem confiança em mim, sempre me deu muita certeza e o trabalho que foi feito pelo Thiago Gomes no grupo de transição me ajudou muito. O gol foi uma recompensa do trabalho.”

Sobre os problemas com os dirigentes do clube, já dito pelo jogador anteriormente, Ferreira negou que coisas assim ainda existissem, e que tudo que passou, ficou para trás: ”Essas coisas são do passado. Foi tudo resolvido, houveram alguns problemas na negociação mas queria dizer para a torcida que não é nada contra o clube, nunca foi contra o clube, eu sempre quis estar aqui pois é um clube que amo e torço. Tudo foi resolvido, vamos pensar daqui para a frente agora.”

Em relação ao Renato e as oportunidades que o técnico vem dando ao jogador, ele salientou: ”A confiança do treinador no atleta ajuda muito, o Renato sempre apostou em mim, acreditou em mim, foi uma pessoa que me acolheu desde que eu subi para o profissional, durante esse tempo afastado e ele possuindo essa confiança em mim, só aumentou minha vontade de permanecer aqui. ”

Perguntado sobre a torcida, como ele ve a relação e de que forma ele acha que vai ir conquistando os torcedores para que possuam confiança no seu trabalho, destacou: ”No futebol é assim, todo o jogo você tem que conquistar a torcida, você tem que fazer gol, ir atrás do resultado, tem que ganhar. Quando perde, a torcida fica bravo, você fica bravo, então independentemente precisamos estar sempre demonstrado o trabalho, mostrando o melhor para agradar nossa torcida.”

Ao encerrar, foi perguntado sobre o Grenal e como ele vê a possibilidade de marcar um gol e garantir a confiança da torcida: ”Não acredito que eu fazendo um gol no Grenal vai conquistar a torcida de vez, mas sim com o tempo, com bons jogos, com títulos, tenho sim desejo de ser de ídolo aqui, trabalho forte e vou continuar trabalhando para isso acontecer. ”

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Inter realiza primeiro treino visando Libertadores e conta com apoio da torcida
Grêmio abre semana de treinos com foco no Grenal 427
Deixe seu comentário
Pode te interessar