Últimas Notícias > CAD1 > O presidente da Venezuela pediu que Donald Trump abra as fronteiras do seu país para receber os imigrantes hondurenhos

A polícia prendeu em Santa Catarina um professor suspeito de abusar sexualmente de uma aluna em um curso profissionalizante em Porto Alegre

O crime ocorreu em dezembro de 2008. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um homem de 42 anos foi preso, na manhã desta quarta-feira (13), na Praia dos Ingleses, em Santa Catarina, pela prática do crime de atentado violento ao pudor em Porto Alegre. A ação foi realizada pela Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais.

Segundo o delegado Arthur Raldi, o crime ocorreu em dezembro de 2008, quando a mãe da vítima, uma adolescente de 16 anos, tomou conhecimento de que sua filha teria sofrido abusos sexuais por parte de um professor do curso do qual era aluna. O indivíduo dava aulas de administração e de informática em um curso profissionalizante no Centro de Porto Alegre.

A mãe da vítima procurou imediatamente o Deca (Departamento Estadual de Proteção à Criança e ao Adolescente) e registrou o fato, tendo a investigação culminado com o pedido de prisão preventiva do acusado, de acordo com o delegado. O nome do professor não foi divulgado.

Pedofilia

No dia 30 de maio, agentes do Deca prenderam preventivamente no bairro Ipanema, na Zona Sul de Porto Alegre, um professor universitário acusado de abusar sexualmente de uma criança em uma escola de natação.

Segundo a delegada Andrea Magno, a vítima, de 9 anos, foi abusada enquanto tomava banho. “A vítima relatou que os abusos foram filmados pelo indivíduo e que presenciou outra criança também ser abusada”, salientou a delegada.

O nome da escola de natação onde ocorreu o estupro não foi divulgado pela polícia. O celular do criminoso, de 32 anos, foi apreendido pelos agentes. Ele é suspeito de ter cometido outros abusos que estão sendo investigados.

Deixe seu comentário: