Sábado, 12 de Junho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fair

Flávio Pereira Hackers fecham o cerco no Judiciário: agora, alvo foi o site do STF

Compartilhe esta notícia:

Jair Bolsonaro aumenta o tom do discurso contra o voto eletrônico. (Foto: Agência Brasil)

Os hackers que já atacaram sites de diversos tribunais, em São Paulo, Rio Grande do Sul, inclusive do Tribunal Superior Eleitoral, e do Superior Tribunal de Justiça, agora mostraram toda sua ousadia. O endereço eletrônico do Supremo Tribunal Federal sofreu um ataque hacker e foi retirado do ar. A página precisou ser retirada do ar pelo serviço de tecnologia da Corte para evitar o risco de acesso indevido a informações sigilosas.

É bom recordar, que o STF, em recente julgamento, validou dados colhidos por hackers criminosos, juntados pelos advogados de Lula aos autos do pedido de suspeição do Juiz Federal Sérgio Moro. O material criminoso foi aceito pelo STF, que agora se vê às voltas com o ataque dos hackers em seus arquivos digitais.

Bolsonaro sobre urna eletrônica

Os recentes ataques cibernéticos aos tribunais de São Paulo, STJ, TSE e no TJ do Rio Grande do Sul, e agora no STF, continuam impulsionando o discurso de desconfiança no sistema eletrônico de votação.

Foi no contexto destes exemplos de insegurança dos sistemas de informática oficiais, que o presidente Jair Bolsonaro avançou no seu discurso esta semana, ao afirmar que quem for contra o voto impresso “ou acredita em Papai Noel, ou está do lado do Barroso (ministro presidente do TSE), ou, ainda, porque sabe que vai ter fraude e seu partido vai se beneficiar”.

Vem aí o novo Refis

Com o apoio do governo, que pretende apenas criar algumas regras específicas, começa a ser construído no Congresso, o novo “Refis” – sigla pela qual os refinanciamentos costumam ser tratados – como instrumento para resgatar empresas afetadas pela crise do coronavírus desde 2020. A proposta, que está sendo elaborada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, pretende a retomada do Programa Especial de Regularização Tributária, feito em 2017 também em decorrência de crise econômica. O novo Refis permitiria a adesão de pessoas físicas e jurídicas que tenham débitos de natureza tributária ou não tributária vencidos até o dia 31 de agosto de 2020, conforme o texto ainda não atualizado. O projeto foi para a relatoria do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do governo na Casa.

Eduardo Leite falando como candidato

Falando como candidato, o governador Eduardo Leite, em busca de visibilidade nacional, resolveu dar um pitaco na operação policial realizada na comunidade do Jacarezinho no Rio de Janeiro, onde durante confronto, um policial foi executado com um tiro de fuzil na cabeça, e mais de 20 bandidos abatidos. A operação atacou bandidos que vinham aliciando crianças e adolescentes para o tráfico. O governador gaúcho disse na sua rede social que o ocorrido no Rio de Janeiro “é um retrato do Brasil que não podemos aceitar”. Há controvérsias.

Mourão diz que “é tudo bandido”

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, foi mais realista ao avaliar o que ocorreu no Rio: “tudo bandido. Entra um policial numa operação normal, leva um tiro na cabeça em cima de uma laje, lamentavelmente essas quadrilhas de narcotráfico são verdadeiras narcoguerrilhas, têm controle sobre determinadas áreas”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Jair Bolsonaro sobre o voto eletrônico: “Para quem acredita em Papai Noel”
Ministro da Defesa reafirma que “Forças Armadas estão prontas para defender a Constituição”
Deixe seu comentário
Pode te interessar