Terça-feira, 19 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Geral O Ministério Público já denunciou mais de 130 casos de pedofilia em Porto Alegre só neste ano

Compartilhe esta notícia:

Já são mais de 700 denúncias em pouco menos de três anos. (Foto: MP-RS/Divulgação)

Desde o início do ano até o mês de agosto, Porto Alegre já teve mais de 130 casos envolvendo pedofilia denunciados à Justiça, de acordo com um levantamento feito pelo MP-RS (Ministério Público do Rio Grande do Sul). Na última quarta-feira (18), três pessoas foram denunciadas pela Promotoria de Justiça da Infância e Juventude de Porto Alegre por crimes ligados à pedofilia. As ocorrências envolveram dois homens e uma mulher.

Segundo o promotor de Justiça Júlio Almeida, que ofereceu a denúncia, os dois homens, que moravam em residências próximas uma da outra, praticavam atos parecidos, abusando de pelo menos seis crianças e adolescentes, de ambos os sexos. Estão anexadas ao processo, fotografias e vídeos, produzidos pelos próprios denunciados, que comprovam os abusos, mostrando repetidas cenas de sexo explícito.

Em um dos vídeos, uma menina de 11 anos é convencida a praticar sexo oral em um dos homens denunciados enquanto segura um brinquedo. As imagens também mostram que o homem violentava sexualmente as vítimas na frente dos próprios filhos, também crianças, segundo o MP-RS.

O outro homem denunciado aparece em vídeo convencendo uma criança a se deixar fotografar nua. Em seguida, a criança pergunta ao abusador: “Agora tu vai me dar os perfumes?”.

Os dois homens foram denunciados pelos crimes de estupro de vulnerável, produção e armazenamento de imagens de pedofilia, práticas sexuais na presença de crianças e aliciamento.

Já no caso da mulher, a denúncia foi por produção e armazenamento de fotografias e vídeos pornográficos, porque, segundo imagens e depoimentos colhidos durante a investigação, ela convencia crianças e adolescentes a posarem para fotos com esse conteúdo.

Esta é apenas uma entre as denúncias de pedofilia encaminhadas à 6ª Vara Criminal do Foro Central de Porto Alegre em menos de uma semana. Segundo o levantamento feito pelo MP-RS, de janeiro a agosto deste ano foram entregues 147 denúncias à Justiça. Em 2016, foram 269 e em 2015, 349. Somadas, contabilizam 765 denúncias, em pouco menos de três anos. Júlio Almeida explica que os crimes de pedofilia representam aproximadamente 90% dessas denúncias, as demais são relativas à lesões corporais praticadas por pais ou responsáveis, maus-tratos, entre outras.

Na sexta-feira (20), uma operação contra a pedofilia foi deflagrada em 24 Estados e no Distrito Federal. Foram cumpridos mais de cem mandados de busca e apreensão e 108 pessoas foram presas. As investigações levaram mais de seis meses, e 151 mil arquivos foram apurados. No Rio Grande do Sul, nove pessoas foram presas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Estudante atingida por atirador de Goiânia pode ficar paraplégica. Mãe de aluno morto diz que “pais são tão ou mais culpados do que ele”
Preso em Novo Hamburgo um dos assaltantes de banco mais procurados do Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar